Os Sete Pecados Capitais em Taças de Vinho Tinto

A mítica dos sete pecados capitais vem há muito tempo inspirando artistas, seja qual arte for, desde fotografias até textos.

As taças de vinho tinto abaixo, tiveram seu design baseado nos 7 pecados capitais. Cada taça, feita a mão na Inglaterra, encapsula a idéia do pecado, que é revelado através do ritual de degustação da bebida.

Ira

taça vinho pecado capital ira
Ganância

taça vinho pecado capital ganância
Gula

taça vinho pecado capital gula
Luxúria

taça vinho pecado capital luxúria
Inveja

taça vinho pecado capital inveja
Preguiça

taça vinho pecado capital preguiça
E a minha favorita, pois este é o meu pecado, Orgulho:

taça vinho pecado capital orgulho
E pra guardar todas as taças, tem até uma caixa toda estilosa:

taça vinho pecado capital caixa
Pra quem gosta de um bom vinho tinto, só de ver essas taças já deixa um gostinho na boca. Que vontade de beber um gole... Ou muitos.

Fonte: kacperhamilton via Damn Cool Pics.

Um gato e seu vinho

7:12 PM by Andarilho

Se for pra ficar de ressaca, então vamos beber mesmo!

gatos,bebidas

E vinho faz bem pro coração!

Pega mal sair com pouco tempo de casa - by Max Gehringer

3:47 PM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 31/07/2009, sobre a reação do chefe ao pedido de demissão.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

Pega mal sair com pouco tempo de casa

chefe escandaloso
"Recebi uma proposta de uma empresa concorrente", escreve um ouvinte. "O problema", ele diz, "é que estou há apenas 4 meses em meu atual emprego. Gostaria de saber se pegal mal eu sair e também como comunicar a minha decisão ao meu chefe, caso eu resolva sair."

Sim, pega mal. Um processo de recrutamento tem um custo. E a empresa terá que arcar com o prejuízo de preencher duas vezes a mesma vaga, em curto espaço de tempo.

Quanto à maneira de dizer que você está indo embora, a mais indicada é a burocrática. Uma simples carta de demissão, de duas ou três linhas, comunicando que você está se demitindo a partir do dia tal, e que cumprirá o aviso prévio. Não é necessário explicar nesta carta os motivos da saída e nem agradecer a empresa ou coisa do gênero, porque isso soa falso.

Agora, vem a parte mais interessante, que é a reação do chefe. Muitos ouvintes em situação semelhante, já me escreveram, contando que ficaram angustiados pensando na melhor maneira de pedir a conta. E principalmente, tentando antever qual seria a reação do chefe.

E, para frustração da maioria, o chefe simplesmente não reagiu. Apenas disse que se era aquilo que o subordinado queria, então não havia o que discutir. Raros foram os casos em que o chefe tentou reverter a decisão.

Qual seria a razão dessa atitude inesperada? É algo chamado importância relativa. Quase sempre, o empregado se considera muito importante para a empresa. Isso vem da autoestima, da autoconfiança, e de outros fatores, puramente pessoais.

Já para a empresa, a análise é mais racional. Se o empregado não é depositário de informações confidenciais, que podem causar muito estrago caso caiam nas mãos do concorrente, e se o empregado desempenhava uma função que pode ser facilmente preenchida, o chefe aceita a demissão sem lero-lero.

Por isso, ao pedir a conta, o nosso ouvinte deve se preparar para o caso do chefe dele perder as estribeiras e armar um escarcéu. Mas também deve se preparar emocionalmente para escutar que ele não fará falta alguma.

E no íntimo, o nosso ouvinte deve torcer por aquilo que ele parece estar querendo evitar: que o chefe reaja da pior maneira. Porque entre uma reação de ferocidade e uma reação de indiferença, a segunda irá doer muito mais.

Max Gehringer, para CBN.

As perversas leis do mundo corporativo - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/07/2009, com um apanhado de leis do mundo corporativo. E em seguida, algumas outras leis, também do Max, que constam no seu livro "Não Aborde seu Chefe no Banheiro".

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

As perversas leis do mundo corporativo

lei de murphy
De todas as coisas que a gente aprende quando trabalha, a mais importante talvez seja a Lei de Murphy: se alguma coisa puder dar errado, vai dar. Porque ela explica a empresa e a carreira da mesma maneira que Einstein explicou que E=mc2. Com a vantagem de que qualquer um entende o que Murphy estava querendo dizer.

Eu fiz um pequeno apanhado dessas leis perversas, e certamente uma delas irá explicar alguma dúvida ou algum problema que nossos ouvintes estejam enfrentando. Vamos lá:

Lei de Zimmerman: se você está fazendo tudo direitinho, ninguém vai perceber que você existe.

Lei de Bok: o conhecimento custa caro, mas a ignorância custa muito mais.

Racional de Uhlmann: se um fato puder ser explicado apenas pela burrice humana, procurar qualquer outra explicação será perda de tempo.

Lei do Profeta: não importa o que aconteça, alguém vai dizer que já esperava que aquilo acontecesse.

Lei de McKenna: as explicações provam que os erros sempre têm mais lógica do que os acertos.

Lei da Criatividade Cruel: quando uma solução perfeita é encontrada, ela não se encaixa no problema que estamos enfrentando.

Princípio de Gall: qualquer decisão que resolva um velho problema, vai criar dois problemas novos.

Lei de Dean: na vida profissional, tudo é mais fácil para quem só pergunta, em vez de responder.

Lei da Reunião: a quantidade de opiniões emitidas é inversamente proporcional à importância da decisão a ser tomada.

Teorema de Bowie: se tudo parece estar funcionando perfeitamente bem, alguma coisa está errada.

Máxima da Gestão por Competência: quando ninguém assume a responsabilidade por um erro, a culpa irá sempre recair sobre o funcionário de menor grau hierárquico.

Caso algum ouvinte pondere que essas leis realmente conseguem explicar todas as situações do mundo corporativo, exceto a situação que ele próprio está enfrentando neste momento, isso só viria a provar que Murphy estava certo.

Max Gehringer, para CBN.

/**********************************************************************************

não aborde seu chefe no banheiro
As do livro:

Axioma de Allen: se todas as outras tentativas falharam, é hora de tentar o manual de instruções.

Regra de Acheson: manuais não são escritos para informar o usuário, mas para proteger o fabricante.

Máxima da Computação: errar é humano, mas erros monumentais requerem um computador.

Lei de Corcoran: tudo o que está salvo na memória é inútil, até o momento em que é deletado.

Lei da Credibilidade Espontânea: qualquer pessoa sempre acredita em algo que seja (a) cochichado em seu ouvido ou (b) impresso em formulário de computador.

Lei de Dobbins: se a teoria não está funcionando, use um martelo.

Lei de Donahue: qualquer coisa que valha a pena custa caro.

Lei de Gold: desculpas não garantem nada, porque erratas também contêm erros.

Lei de Graditor: tudo o que pode dar defeito vai dar, mas só depois que acabar a garantia.

Corolário de Johnn: todo sistema funciona bem, desde que a gente não precise dele.

Lei de Maier: quando os fatos estão em desacordo com a teoria, livre-se dos fatos.

Lei de Marek: nenhuma idéia é tão simples que não possa ser complicada.

Lei de Meditz: quando alguém encontra alguma coisa que vinha procurando há muito tempo, descobre que não era bem aquilo que estava procurando.

Corolário de Merrill: no longo prazo das corporações, não haverá vencedores, apenas sobreviventes.

Lei de Nest: qualquer sistema posto em prática com 99% de possibilidade de funcionar bem, tem 99% de possibilidade de funcionar mal.

Observação de Orben: a caixa onde vem acondicionado um micro novo produz duas caixas de lixo.

Regra de Rosenbaum: para achar alguma coisa que foi perdida, basta comprar outra igual.

Princípio de Shaw: qualquer sistema que seja desenvolvido para ser tão simples que até um idiota pode usar, nenhum idiota vai querer usar.

Ressaca

É uma droga.

gatos,bebidas

A melhor maneira de evitá-la é continuar bebendo.

Poemas - Vento

Vento

folhas ao vento
Não o senti, mas vi ele balançando folhas,
De árvores e de plantas resistindo ao inverno.
E pensei comigo, em todas minhas escolhas,
Enquanto ele soprava, constante, eterno.

Atrás do vidro, vi ele indo e vindo,
Como se brincasse de acariciar a paisagem.
Você pensa que tudo estava lindo,
Mas lá estava eu pra estragar essa imagem.

As poucas nuvens prosseguiam lentamente,
O sol brilhava, mas não estava quente,
E eu ali, perdido neste sentimento.

E ele soprava, mas eu não escutava nada.
Atrás do vidro, atrás da fachada,
Era visível, mas eu não senti... o vento.

Citações da Terceira Temporada de House M.D.

E continuando com nossa vidinha miserável, mais citações de House, desta vez, da terceira temporada.

E também tem citações da segunda temporada e da primeira temporada nos posts anteriores.

======================================================================================

Cameron: "You're lucky he didn't die."
House: "I'm lucky? He's the one who didn't die."

Cameron: "Você teve sorte que ele não morreu."
House: "Eu tive sorte? Ele é quem não morreu."


house paternity
House: "I try to kill him, you're mad. I don't kill him, you're mad."

House: "Eu tento matá-lo, você fica brava. Eu não o mato, você fica brava."


Foreman: "I had a date last night. She screamed too. You think we should spend a hundred thousand dollars testing her?"
House: "Of course not. This isn't a veterinary hospital. Zing!"

Foreman: "Eu tive um encontro ontem a noite. Ela gritou também. Você acha que deveríamos gastar centenas de milhares de dólares testando ela?
House: "Claro que não. Este não é um hospital veterinário. Zing!"


house md quotes
House: "You get married at twenty, you're going to be shocked who you're living with at thirty."

House: "Você se casa aos 20, você ficará chocado com quem está vivendo aos 30."


House: "...Everything is conditional. You just can't always anticipate the conditions."

House: "...Tudo é condicional. Você só não consegue sempre antecipar as condições."


House: "This thing won me second place in the clinic's weekly 'Weirdest thing pulled out of an orifice' contest."

House: "Essa coisa me rendeu o segundo lugar no concurso semanal da clínica 'Coisas mais estranhas retiradas de um orifício'."


house md quotes
House: "Can we forget my vices and get back to my virtues."

House: "Podemos nos esquecer dos meu vícios e voltar às minhas virtudes."


Mas são os vícios que fazem a série legal.

House: "If we were to care about every person suffering on this planet, life would shut down."

House: "Se nos importássemos com cada pessoa sofrendo neste planeta, a vida pararia."


Por isso eu só me importo com uma: eu mesmo.

house md quotes
House: "I was curious. Since I'm not a cat, that's not dangerous."

House: "Eu estava curioso. Já que eu não sou um gato, isso não é perigoso."


A curiosidade matou o gato...

House: "My life is just one horror after another."

House: "Minha vida é só um horror após outro."


É por isso que eu gosto do House. Nossas vidas são parecidas.

house md quotes
House: "Just because it's inexplicted doesn't mean it's inexplicable."

House: "Só porque é inexplicado, não significa que seja inexplicável."


House: "If you're considering grabbing my ass, don't start anything you can't finish."

House: "Se você está pensando em agarrar a minha bunda, não comece nada que não possa terminar."


House: "Even fetuses lie."

House: "Até fetos mentem."


house md quotes
House: "Happens often in high anxiety situation, especially to women. Now it sounds sexist, but science says you're weak and soft. What can I do?"

House: "Acontece frequentemente em situações de alta ansiedade, especialmente com mulheres. Isso parece sexista, mas a ciência diz que vocês são fracas e macias. O que eu posso fazer?"


House: "I asked you what two plus two equals and a day later you tell me, 'Not twenty-five."

House: "Eu perguntei a você quanto eram dois mais dois, e um dia depois você me diz 'Não é 25'."


Pessoas não são boas em matemática.

House: "Some idiot gave me two tickets for a play tonight. Saved his life. Apparently worth $186."

House: "Algum idiota me deu dois ingressos para uma peça hoje a noite. Salvei a vida dele. Aparentemente ela valia $186."


Eu acho que vale mais do que a minha.

house md quotes
House: "First, 'Hector does go rug' is a lame anagram. Want a better one for Gregory House? 'Huge ego, sorry.'"

House: "Primeiro, 'Hector does go rug' é um anagrama podre. Quer um melhor para Gregory House? 'Huge ego, sorry' (Ego enorme, desculpe)"


House: "The only value of that trust is that you can manipulate them."

House: "O únicor valor daquela confiança é que você manipulá-los."


House: "That was awesome. I gotta start pretending to care."

House: "Isso foi incrível. Eu tenho que começar a fingir que me importo."


E já que 'everybody lies', por que não?

house md quotes
Wilson: "Oh God, she's 26."
House: "But with the wisdom of a much younger woman."

Wilson: "Oh Deus, ela tem 26."
House: "Mas com a sabedoria de uma mulher muito mais jovem."


Sabedoria é muito importante.

House: "Arrogance has to be earned. Tell me what you've done to earn yours."

House: "Arrogância tem que ser merecida. Me diga o que você fez para merecer a sua."


house md quotes
House: "I'm world famous now. Press won't leave me alone."

House: "Eu sou famoso mundialmente agora. A imprensa não me deixa em paz."


Já lançaram até DVDs!

House: "The patient's husband prefers her not dead."

House: "O marido da paciente prefere ela não morta."


Isso porque ele não fez um seguro milionário.

house md quotes
House: "How come God gets credit whenever something good happens? Where was he when her heart stopped?"

House: "Como Deus ganha os créditos sempre que algo bom acontece? Onde ele estava quando o coração dela parou?"


Deus tem um bom departamento de marketing.

=====================================================================================

Citações em inglês e fotos do House MD Quotes. Tradução meia-boca por eu mesmo.

Rotina e inovação - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/07/2009, com uma reflexão sobre rotina e inovação dentro de empresas criativas.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

Rotina e inovação

rotina
Uma consulta de um jovem ouvinte meio decepcionado: "Tenho 19 anos", ele escreve, "e comecei a trabalhar há 4 meses. Este é o meu primeiro emprego. A empresa tem fama de ser muito criativa, e foi isso o que mais me atraiu. Porém, o que eu vejo na prática, é que as tarefas são pura rotina.

Eu passo quase todo o meu tempo atolado na burocracia. Faço coisas que nem sei porquê e para quê, são feitas. Até agora, não encontrei ninguém que me falasse alguma coisa minimamente diferente ou inovadora. Gostaria de saber se todas as empresas são assim mesmo, porque estou meio decepcionado."


Jovem ouvinte, a circunferência da Terra é de pouco mais de 40 mil quilômetros na linha do Equador. Aqui no sul, onde você está e onde passa o Trópico de Capricórnio, a circunferência é um pouco menor, cerca de 37 mil quilômetros. No momento em que eu concluir este comentário, você estará a 75 km de distância do ponto em que estava quando eu comecei a falar.

Eu, você e todos os ouvintes da CBN, estamos sendo movidos a uma velocidade espantosa, de 1500 km/h. Você percebeu? Não? Ficou zonzo? Não? Porque, como tudo se move em perfeita sincronia, nós nem notamos que estamos fazendo uma viagem alucinante todos os dias.

Empresas criativas, de modo geral, funcionam da mesma maneira. Os trabalhos rotineiros podem dar a impressão que a empresa está parada no tempo e no espaço. Mas na verdade, ela continua se movendo.

A inovação a que você se refere, não acontece porque um funcionário de repente para, tira a roupa e grita 'Eureka'. A inovação vem das áreas de pesquisa e desenvolvimento, que levam meses fazendo testes demorados e sem muita imaginação, errando e acertando, até um dia criar um novo produto capaz de revolucionar o mercado.

O que dá a uma empresa a fama de criativa, é a soma dos esforços de muitos empregados que talvez nem saibam o quanto estão contribuindo para essa criatividade.

Logo, jovem ouvinte, não se preocupe. A sua empresa é criativa. Senão, ela não teria a fama que tem. E você também deve ser criativo, caso contrário não teria sido contratado. Portanto, relaxe e aproveite a viagem.

Max Gehringer, para CBN.

Citações da Segunda Temporada de House M.D.

Porque o dia está uma merda, e como me sinto miserável, nada melhor do que relembrar algumas das melhores falas do nosso médico miserável favorito. E se quiser mais, tem algumas citações da primeira temporada aqui.

=====================================================================================

house md quotes
House: "You know how they say, "you can't live without love"? Well, oxygen is even more important."

House: "Você sabe o que eles dizem, 'você não pode viver sem amor'? Bem, oxigênio é ainda mais importante."


Amor is overrated.

House: "Is it still illegal to perform an autopsy on a living person?"

House: "Ainda é ilegal fazer uma autópsia em uma pessoa viva?"


Só se ela morrer no processo.

house md quotes
Foreman: "Her oxygen saturation is normal."
House: "It's off by one percentage point."
Foreman: "It's within range. It's normal."
House: "If her DNA was off by one percentage point, she'd be a dolphin."

Foreman: "A saturação de oxigênio dela está normal."
House: "Está 1% abaixo do normal."
Foreman: "Está dentro do limite. Está normal."
House: "Se o DNA dela estivesse 1% fora do normal, ela seria um golfinho."


E segundo o Douglas Adams, seria mais esperta do que agora.

house md quotes
Stacy: "How's Cuddy doing?"
House: "She's not acting like Cuddy. It's a pleasure."
Stacy: "You know her. She has trouble with these situations, feels personally responsible."
House: "Technical term is narcissism. You can't believe everything is your fault unless you also believe you're all powerful."

Stacy: "Como está Cuddy?"
House: "Ela não está agindo como Cuddy. É delicioso."
Stacy: "Você a conhece. Ela tem problemas com essas situações, ela se sente pessoalmente responsável."
House: "O termo técnico é narcisismo. Você não pode acreditar que tudo seja culpa sua a não ser que acredite que é todo-poderoso."


house md quotes cuddy
House: "You've lost perspective, Cuddy. You've stopped looking at this as a doctor. You're acting like someone who shoved somebody off their roof. You want to make things right? Too bad. Nothing's ever right."

House: "Você perdeu a perspectiva, Cuddy. Você parou de olhar isso como uma médica. Você está agindo como uma pessoa que derrubou alguém do telhado dela. Você quer fazer as coisas certo? Que pena. Nada nunca é certo."


House: "You're not happy unless things are just right. Which means two things: you're a good boss, and you'll never be happy."

House: "Você não é feliz a não ser que as coisas estejam corretas. O que significa duas coisas: você é uma boa chefe, e você nunca vai ser feliz."


Combinam, chefe e funcionário eternamente infelizes.

house md quotes
House: "The reality is irrelevant. I'll prove it. People who know me see me as an ass, treat me as an ass. People who don't know me see a cripple, treat me as a cripple. What kind of selfish jerk wouldn't take advantage of that fact?"

House: "A realidade é irrelevante. Vou provar. Pessoas que me conhecem me veem como um cretino, me tratam como um cretino. Pessoas que não me conhecem, me veem como um aleijado, me tratam como um aleijado. Que tipo de idiota egoísta não tiraria vantagem disso?"


Eu tiraria.

House: "We are who people think we are."

House: "Nós somos quem as pessoas pensam que somos."


Eu sou um bosta.

House: "There's an evolutionary imperative why we give a crap about our family and friends. And there's an evolutionary imperative why we don't give a crap about anybody else. If we loved all people indiscriminately, we couldn't function."

House: "Existe um imperativo evolucionário do porquê nos importamos com nossa família e amigos. E existe um imperativo evolucionário do porquê não damos a mínima pro resto das pessoas. Se amássemos todas as pessoas indiscriminadamente, não funcionaríamos."


Vejam os cristãos, que "amam todos como se fossem irmãos". Só dá merda, padres pedófilos inclusos.

house md quotes
Wilson: "If you have the money, then why did you need the loan?"
House: "I didn't. Just wanted to see if you would give it to me. I've been borrowing increasing amounts ever since you lent me forty dollars a year ago. A little experiment to see where you draw the line."
Wilson: "You're ... you're trying to...objectively measure how much I value our friendship?!"
House: "Hey, it's five grand. You've got nothing to be ashamed of."

Wilson: "Se você tem o dinheiro, por que precisou do empréstimo?"
House: "Eu não precisei. Só queria ver se você daria ele pra mim. Eu tenho emprestado somas crescentes de dinheiro, desde que você me emprestou 40 dólares um ano atrás. Um pequeno experimento para ver qual era o seu limite."
Wilson: "Você... você está tentando... medir objetivamente o quanto eu estimo a nossa amizade?!"
House: "Hey, são cinco mil. Você não tem que sentir vergonha de nada."


Cinco mil doletas são um bom dinheiro...

house md quotes
House: "He thought he was dying. Dying people lie, too. Wish they'd worked less, they'd been nicer, they'd opened orphanages for kittens. If you really want to do something, you do it, you don't save it for sound byte."

House: "Ele pensou que estava morrendo. Pessoas morrendo mentem, também. Eles desejam que tivessem trabalhado menos, tivessem sido mais bonzinhos, tivessem aberto orfanatos para gatinhos. Se você realmente quer fazer algo, faça, não guarde isso pro último suspiro."


House: "Mistakes are as serious as the results they cause!"

House: "Erros são tão sérios quanto os resultados que eles causam!"


House: "Work smart, not hard. That's my philosophy, boss."

House: "Trabalhe inteligente, não duro. Essa é a minha filosofia, chefe."


Ok, essa citação não fica boa em português.

house md quotes
Chase: "We've got an MRI scheduled in 20 minutes. Earliest Foreman could get the machine."
House: "I teach you to lie and cheat and steal...and as soon as my back is turned, you wait in line?"

Chase: "Nós temos um MRI agendado para 20 minutos. O mais cedo que o Foreman conseguiu a máquina."
House: "Eu ensino a vocês como mentir e enganar e roubar... e assim que eu viro as costas, vocês esperam na fila?"


Maus pupilos...

Cameron: "What are you looking for?"
House: "Same as you. Love, acceptance, a solid return in investment."

Cameron: "O que você está procurando?"
House: "O mesmo que você. Amor, aceitação, um bom retorno em investimentos."


Hoje em dia eu quero mesmo é o último. Os dois primeiros eu desisti de ter.

Cameron: "Could pain medication cause an orgasm?"
House: "I wish."

Cameron: "Remédios pra dor podem causar um orgasmo?"
House: "Eu gostaria."


Seriam mais vendidos que Viagra.

house md quotes
House: "Great part of being a grownup, you never have to do anything."

House: "Grande vantagem de ser um adulto, você nunca tem que fazer nada."


House: "You talk to God, you're religious. God talks to you, you're psychotic."

House: "Você fala com Deus, você é religioso. Deus fala com você, você é psicótico."


Chase: "You're gonna talk to a patient?"
House: "God talks to him. It'd be arrogant of me to assume that I'm better than God."

Chase: "Você vai falar com um paciente?"
House: "Deus fala com ele. Eu seria arrogante assumir que eu sou melhor que Deus."


Bah, se existisse, Deus seria um bosta mesmo.

house md quotes
House: "Isn't it interesting... religious behavior is so close to being crazy that we can't tell them apart."

House: "Não é interessante... o comportamento religioso é tão semelhante à loucura que não conseguimos separá-los."


Wilson: "And that's why religious belief annoys you. Because if the universe operates by abstract rules you can learn them, you can protect yourself. If a Supreme Being exists he can squash you any time he wants."
House: "He knows where I am."

Wilson: "E é por isso que a crença religiosa te incomoda. Porque se o universo opera por regras abstratas, você pode aprendê-las, você pode se proteger. Se um Ser Supremo existe, ele pode te esmagar quando ele quiser."
House: "Ele sabe onde eu estou."


Ele também tem o meu endereço.

house md quotes
House: "Well here's the flaw in your argument. If I enjoy hating life I don't hate life, I enjoy it."

House: "Bem, aqui está o erro no seu argumento. Se eu aprecio odiar a vida, eu não odeio a vida, eu a aprecio."


=====================================================================================

Citações em inglês e fotos do House MD Quotes. Tradução meia-boca por eu mesmo.

A classificação dos chefes - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/07/2009, com um divertido vocabulário de insultos aplicáveis à chefia, que pode ser usado para classificar o seu chefe.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

A classificação dos chefes

xingamentos
"Não sei definir bem se meu chefe é um banana ou um beócio", escreve um ouvinte bastante irritado com certas atitudes do superior imediato dele.

Vou tentar ajudar através de um pequeno vocabulário de insultos, aplicáveis à chefia.

Se o chefe aparenta ter QI baixo e uma expressão meio debilóide, denotando que mesmo as situações mais simples requerem um enorme esforço para que ele possa entendê-las, ele é um cretino. A origem da palavra é o retardamento mental.

Se o chefe escuta, mas se mostra fraco e sem vontade de levar os problemas adiante, ou fica procrastinando indefinidamente uma decisão, ele é um imbecil. A origem da palavra é a fragilidade.

Se ele fica trancado na sala, não se envolve em nada e não quer nem escutar os problemas dos subordinados, ele é um idiota. A origem da palavra é a omissão.

Se ele está por fora das novidades, não sabe usar um computador, nem acessar mensagens no celular, ele é um beócio. A origem da palavra é o atraso, que os cidadãos da culta Atenas atribuiam ao povo rude da região da Beócia.

Um pouquinho pior que o beócio é o ignorante, aquele que até sabe que as novidades existem, mas fica repetindo que elas não fazem falta alguma para ele.

E se o chefe faz essa afirmação de modo grosseiro, desbocado e mal-educado, então ele pode ser classificado como estúpido, que é um ignorante ao quadrado.

Um insulto pouco utilizado, mas bastante sonoro, é pacóvio. Alguém que tem pavor de tomar uma decisão ou encarar um problema de frente. Pacóvio veio do termo tupi-guarani para banana, palavra que também tem o sentido figurado de pessoa acovardada ou sem iniciativa.

Espero que com essas explicações, o nosso irritado ouvinte tenha conseguido classificar adequadamente o chefe dele.

Só lembrando, para finalizar, que a palavra chefe veio de cabeça. Logo, caso decida verbalizar a sua irritação, o nosso ouvinte deverá levar em conta, antes de tudo, a sua própria importância orgânica. Se ele for um braço, talvez possa contestar; se for um dedo, poderá arguir; e se for uma unha, poderá no máximo, coçar a cabeça.

Max Gehringer, para CBN.

Se eu ficar doente, me levem lá

9:55 AM by Andarilho

Lá nessa clínica abaixo. Não deve ter o House, mas deve ter diversão garantida.

fail,bebidas

"Clínica aberta diariamente.
Vendemos cerveja e vinho."

Não dizem que vinho faz bem pro coração?

Via Fail Blog.

Um passeio pela caixa de Spam

Eis um aviso que dou aos meus colegas: se você estiver se sentindo mal, depressivo, passe longe da sua caixa de Spam. E cuidado, mesmo se estiver bem, olhar a caixa de Spam pode te deixar mal.

Vejamos os motivos. Se eu acreditasse tudo o que eu vejo na minha caixa de Spam...

Segundo os spams que recebo, tenho um pênis ridículo, bem miudinho. Porque as ofertas pra aumentar ele são infinitas, desde bombas de sucção até remédios milagrosos. Tudo pra deixar o meu pinto do tamanho de um galo.

E pra acabar ainda com a moral do amiguinho de baixo, além de ser pequeno ele é mole. Sim, totalmente broxa. Mas eu nem me preocupo, afinal, meus amigos spammers têm a solução, muito Viagra e Cialis, e sem precisar de receita médica! Maravilha, agora vou poder ficar duro!

viagra cialis levitra
Ah, ainda na categoria aparência, devo citar que sou um gordo obeso mórbido, a beira de um ataque. Mas claro, meus amigos spammers têm a solução. As opções de remédios, shakes e outras soluções milagrosas são inúmeras, tudo pra emagrecer rapidamente. E com saúde, claro.

Sabe, todo esse papo com a minha aparência já estava me deixando pra baixo, meio inseguro e tal, mas descubro que umas gatinhas desconhecidas vão com a minha cara. Algumas até mandam fotos. Sensuais. Mas que estão um formato estranho, exe ou scr... Ops! Não, eram apenas vírus.

É, já estou desistindo das garotas, afinal, quem iria querer um pé-de-chinelo como eu? Mas milagrosamente a minha caixa de spam aparece com a solução. Um nigeriano safado me propõe ganhos milionários, basta eu adiantar uma parte da grana pra ele... Ok, infelizmente como eu não tenho nada, não vou poder participar da jogadinha...

Talvez Deus ou o Universo ou algum Pai me ajude. Basta eu ler a mensagem, dar três pulinhos, e reenviar o maldito email pra 666 pessoas. Simples, né? Basta eu encher a caixa postal dos outros falando de algum amigo invisível de alguém...

Quer saber? Cansei.

Melhor deixar o gmail cuidar da caixa de Spam e fazer outra coisa.

spam

Para aqueles dias...

3:54 PM by Andarilho

...como hoje, que você está de saco cheio com todo mundo, e a vontade é mandar todos para aquele lugarzinho onde o sol não bate.

animais,dedo do meio

O macaquinho sabe como é.

Imagem via Cute Overload.

Pedir a conta é medida drástica - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 27/07/2009, sobre a decisão de pedir demissão, e um interessante comparativo entre demissão e divórcio.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

Pedir a conta é medida drástica

divórcio
Recebo muitas mensagens de ouvintes que reclamam do emprego que têm. Os motivos variam: não é o que eu quero, não é o que eu estudei, não sou valorizado. Mas, a conclusão é quase unânime: estou pensando em pedir demissão.

Então, calma. Pedir a conta é uma medida drástica, e por isso, é uma decisão que só deve ser considerada em casos extremos. E que só deve ser tomada, após uma avaliação racional, e não emocional, das condições de trabalho que temos, e das oportunidades que poderemos vir a ter.

De modo geral, nós tendemos a prestar mais atenção aos aspectos negativos de nossa empresa e de nosso trabalho, do que aos fatores positivos. E imaginamos que em outras empresas a situação seria bem diferente. Em um novo emprego, os aspectos negativos desapareceriam e os fatores positivos permaneceriam. Essa é uma visão, no mínimo, tremendamente otimista.

É mais ou menos como num divórcio. Quando duas pessoas se casam, ambas acreditam que encontraram o melhor parceiro do mundo. Algum tempo depois, concluem que se enganaram redondamente na avaliação inicial. Quando o casamento chega a esse ponto, qualquer picuinha é motivo de encrenca. Algo sem importância para um, adquire enorme importância para o outro. As críticas mútuas vão se acumulando e a separação acaba sendo a única solução.

Aí, cada um segue o seu caminho, ambos se casam novamente, e o segundo casamento irá durar bem mais do que o primeiro. Porém, o que torna o segundo casamento mais estável é o aprendizado da primeira experiência. Na segunda vez, os parceiros estarão mais dispostos ao entendimento: o nível de exigência cai e o nível de participação aumenta, e haverá mais disposição para perdoar.

E como escreveu a nossa ouvinte, aprenderão a valorizar mais o que têm, ao invés de ficar só exigindo o que não tem.

Eu não diria aos nossos ouvintes que estão desgastados com o emprego atual, não devam pedir a conta. Estou apenas dizendo que o novo emprego terá, como tem o atual, seus fatores positivos e negativos. E pedir novamente a conta, porque o novo emprego também não é o que a pessoa queria, seria como se divorciar pela segunda vez.

Aí, ficaria claro que a pessoa quer que o mundo se adapte às exigências dela. Nenhum casamento e nenhum emprego consegue resistir a essa visão de que um lado está sempre certo e o outro lado está sempre errado.

Max Gehringer, para CBN.

Reunião de predadores sexuais

Mais uma polêmica tirinha do See Mike Draw, desta vez abordando predadores sexuais, ou melhor dizendo, como pedófilos abordam suas presas. E as surpresas que isso pode acarretar.

comics

Eles podem começar um clube.

Tirinha original (em inglês) aqui.

Citações da primeira temporada de Dexter

Hoje eu vi o vídeo promocional da próxima temporada de Dexter e fiquei babando. Acho que será melhor que a terceira, que eu achei um pouco fraca, comparada com as duas primeiras. Confira:



Ah, nada como relembrar o serial killer favorito da galera, e pra isso, separei aqui uma lista com algumas citações de Dexter Morgan na primeira temporada. É interessante notar que a filosofia dele em vários momentos se parece com a de um certo médico... Será que o Dexter assiste House?

"I'm something new entirely, with my own set of rules. I'm dexter. Boo."

"Eu sou algo inteiramente novo, com meu próprio conjunto de regras. Eu sou Dexter. Buu."


Medoooo o.O

dexter citações
"Everyone hides who they are."

"Todos escondem quem eles são."


"There are no secrets in life, just hidden truths that lie beneath the surface."

"Não existem segredos na vida, apenas verdades escondidas que repousam embaixo da superfície."


O House já dizia... everybody lies.

dexter citações
"I can kill a man, dismember his body, and be home in time for Letterman. But knowing what to say when my girlfriend's feeling insecure...I'm totally lost."

Eu posso matar um homem, desmembrar seu corpo e chegar em casa a tempo de ver o Letterman. Mas quanto a saber o que dizer quando a minha namorada está se sentindo segura... Eu estou totalmente perdido."


Bem-vindo ao clube.

dexter citações
"All you can do is play along at life and hope that sometimes you get it right."

"Tudo que você pode fazer é ir levando a vida e esperar que algumas vezes você acerte."


"Killing must serve a purpose. Otherwise, it's just plain murder."

"Matar deve servir a um propósito. Senão, é só simples assassinato."


"Human bonds always lead to messy complications."

"Laços humanos sempre levam a bagunçadas complicações."


É, somos todos mesmo fucked ups.

dexter citações
"Normal people are so hostile."

"Pessoas normais são tão hostis."


"Somehow it's reassuring knowing I'm not the only one pretending to be normal."

"De alguma maneira, é tranquilizador saber que eu não sou o único fingindo ser normal."


Eu já desisti de fingir.

"The problem with acting normal is that normal people get into stupid situations."

"O problema de fingir ser normal é que pessoas normais se metem em situações estúpidas."


House again: Normal's overrated.

dexter citações pézinho
"Eventually most serial killers get caught. There's really not much of a retirement plan."

"Eventualmente a maioria dos serial killers são presos. Não existe bem um plano de aposentadoria."


O negócio é morrer jovem então.

"It's not what I want. But what I want doesn't matter. This is the only way I know how to survive."

"Não é o que eu quero. Mas o que eu quero não importa. Essa é a única maneira que eu sei como sobreviver."

Filme: A Proposta

Sexta-feira, depois de uma semana muito ruim, resolvi passar no cinema no caminho de casa (quando eu volto a pé pra casa, passo em frente ao shopping). E como o único filme em cartaz que não me faria esperar duas horas era A Proposta (no original, The Proposal), resolvi assisti-lo. Não posso dizer que ajudou na minha situação.

a proposta poster
A Proposta é uma comédia romântica, baseada em fórmulas e clichês prontos. Conta a história de Margaret Tate (Sandra Bullock, que nem parece ser quarentona), uma editora que o House classificaria como vadia cruel. E ela tem um assistente capacho, Andrew Paxton (Ryan Reynolds, mais conhecido como marido da Scarlett Johansson, em interpretação tão boa quanto em X-Men Origens: Wolverine - se isso foi elogio ou não, você decide).

Bem, Margaret é imigrante (do Canadá) e tem seu visto de permanência nos States expirado. Para não ser deportada, obriga o funcionário capacho Andrew a se casar com ela. Mas, para enganar o departamento de imigração, ela é obrigada a acompanhar o rapaz no aniversário de 90 anos da avó, e consequentemente, conhecer toda a família dele, no Alasca.

filme a proposta festa de casamento
A partir daí, o festival de clichês começa, e claro, no final, o casal se descobre apaixonado, não antes de engraçadas e loucas confusões, como diria o locutor nos comerciais da Globo.

Apesar da atuação dos atores serem razoáveis, eu achei que a direção se perdeu. Por exemplo, o desenvolvimento de Andrew é praticamente inexistente: ele simplesmente parte do 0 pro 10, sem antes passar por todos os outros números, quando se trata do seu interesse por Margaret. Em certa altura, até tive dúvida se ele realmente ia terminar o filme com ela.

Ficou parecendo que o diretor tinha algumas poucas boas piadas e acabou desenvolvendo toda a história em torno delas, adaptando a história e desenvolvimento às piadas, e não o contrário.

Além disso, o filme cai na vala comum de comédias românticas, pois não explora alguns pontos que poderiam ser o seu diferencial. Citando dois exemplos: o fato de uma personagem feminina forte (e mais velha), e a localização da família de Andrew, no Alasca, que no máximo rendem uma piada.

filme a proposta sandra bullock ryan reynolds
Comédias românticas podem ser puro escapismo, mas não significa que elas não tenham que ser bem feitas. Um exemplo recente é Ele não está tão a fim de você, que segue boa parte dos clichês de comédias românticas, mas que é um filme muito bem feito e divertidíssimo.

Só duas coisas valeram o ingresso. A primeira foi a participação de Oscar Nunez, o Oscar da série The Office, no filme como Ramone, um sujeito multitarefa e muito estranho, hehehe.

a proposta oscar (Você imaginaria o Michael Scott dançando assim, mas não o Oscar...)

E a segunda foi rever, depois de muito tempo, Mary Steenburgen como a mãe do Andrew. Pra quem não lembra, entre outras personagens, ela foi a Clara Clay, a mocinha do velho oeste do De Volta para o Futuro 3. É, o tempo passa e vamos ficando velhos...

filme a proposta família
clara clayton de volta para o futuro 3
Em suma, pesando tudo, eu não aceitaria A Proposta. Mas isso, claro, é a minha opinião, que provavelmente foi incluenciada pelo meu mau dia. Então, se quiser tirar a prova, vá assistir o filme e depois me conte.

Trailer:



Para saber mais: crítica do Omelete e de alguém que gostou mesmo do filme =P.
Blog Widget by LinkWithin