As ilustrações de fantasia de Felipe Escobar Bravo

Felipe Escobar Bravo é um artista chileno que se graduou em design industrial e hoje trabalha como ilustrador e artista conceitual. As ilustrações de Felipe Escobar Bravo se concentram em temas de fantasia, com um toque sombrio e soturno, nos apresentando elementos fantasiosos clássicos como monstros gigantes, guerreiros fatigados, dragões e demônios do caos.

Vejam as ilustrações de fantasia de Felipe Escobar Bravo:


Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Demônio do caos

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Colosso destruidor

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Florestas em fogo e gelo

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Gabriel, o ungido

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Guardião do caos

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

A queda de Lúcifer

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

O antigo

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Altar

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Demônios de armadura

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Câncer

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Cascata

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Guardiões do feudo

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Vozes do acaso

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Jesus está queimando do nosso amor

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Líder Keltar

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Krinua

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Odin

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Olaf

Felipe Escobar Bravo hfesbra deviantart ilustrações fantasia

Dragão

Imagens via perfil de Felipe Escobar Bravo no DeviantArt.

'Vale a pena sacrificar metade do fim de semana com atividade que não vejo como futura carreira?' - by Max Gehringer

9:25 AM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/10/2014, sobre como outras atividades fora do trabalho normal podem ser muito importantes para a carreira.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Vale a pena sacrificar metade do fim de semana com atividade que não vejo como futura carreira?'

dar aulas

Um ouvinte escreve: "Trabalho de dia e estudo à noite. Recebi um convite para dar aulas em um curso profissionalizante aos sábados, nos períodos da manhã e da tarde. Como o pagamento que eu receberia não é lá grande coisa, pergunto se vale a pena sacrificar metade do meu fim de semana em uma atividade que não vejo como uma futura carreira?"

Sem dúvida, vale e muito! Existe atualmente uma visão equivocada de que qualquer coisa que alguém estude ou faça, deva ter uma aplicação imediata. A vida profissional não funciona bem assim. Um dia, em algum lugar e por algum motivo, surgirá uma oportunidade. E algo que você tenha feito no passado acabará sendo o seu diferencial para superar os demais concorrentes.

Por isso, habilidades como falar bem, escrever bem, trabalhar de graça em entidades assistenciais, fazer parte de um grupo de teatro, aprender a cozinhar, ou como no seu caso, dar aulas, são experiências que irão se acumulando. Nem todas serão utilizadas e ninguém pode prever quais virão a ser. Porém, no dia em que uma delas for necessária, quem investiu terá o retorno. E quem somente seguiu uma linha reta no tocante aos estudos e às experiências profissionais, irá encontrar maiores dificuldades na hora de tentar uma mudança de rumo.

Mesmo mantendo o seu foco nos temas mais importantes para sua carreira em um curto prazo, saber fazer várias coisas periféricas não apenas transforma você em um profissional mais antenado em longo prazo. Também o transforma em uma pessoa muito mais interessante.

Max Gehringer, para CBN.

As ilustrações de fantasia sombria de Kirsi Salonen - parte 2

Já falei sobre a artista finlandesa Kirsi Salonen semana passada, quando mostrei parte de suas ilustrações de fantasia sombria. Entretanto, como a artista tem um vasto portfólio com imagens fantásticas, escolher ilustrações para apenas um post é uma tarefa muito ingrata. Por isso, faço este segundo post, com mais ilustrações de fantasia de Kirsi Salonen.

Nessas ilustrações, vemos sombrias criaturas feitas por Salonen. Enquanto várias são originárias dos arquétipos de fantasia, como fadas, guerreiros e dragões, outras são inspiradas em temas mitológicos e religiosos. Mas sempre com um toque sombrio, uma sensação de perigo iminente e promessas de aventuras fantásticas.

Vejam as ilustrações de fantasia sombria de Kirsi Salonen - parte 1:


Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

O viajante marcado

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Victoria

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Zephyr

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Ninguém pode escolher seus pais

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Anjo de batalha

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Deusa druida

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

No centro da escuridão

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Mulher de vermelho

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Lamento

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Máscaras

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Luz da manhã

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Estrela matinal

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Rainha mariposa

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Caminho

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Máscara do predador

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Roshiko Melchior

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Sacrifício

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Cavaleiro do sol

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Tarasque

Kirsi Salonen ilustrações fantasia sombria

Tríade

Vejam também:
- As ilustrações de fantasia sombria de Kirsi Salonen - parte 1

Imagens via site de Kirsi Salonen.

Essa é uma boa hora de voltar ao Brasil? - by Max Gehringer

9:34 AM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 17/10/2014, sobre o momento econômico atual do Brasil.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Essa é uma boa hora de voltar ao Brasil?

economia do brasil

Um ouvinte escreve: "Trabalho no exterior há cinco anos. Estou empregado e acredito que o meu currículo seria suficiente para me garantir um emprego razoável no Brasil. Pergunto se essa seria uma boa hora para voltar a meu país?"

Em minha opinião, não seria. Eu lhe sugiro esperar entre seis e oito meses, para que você possa avaliar melhor o rumo que a economia brasileira irá tomar. Até este momento, nenhum dos candidatos apresentou qualquer plano concreto de revitalização econômica. As discussões têm se concentrado no curtíssimo prazo e estão mais focadas nas deficiências dos adversários e em casuísmos que possam render pontos nas pesquisas.

Embora alguns setores estejam se sustentando até que bem, tudo parece indicar que o Brasil não irá crescer este ano. Mas o número definitivo só será conhecido no início do próximo ano.

Em uma situação assim, em que os horizontes não estão nem um pouco claros, um retorno só faria sentido se você conseguisse de um futuro empregador uma garantia de estabilidade, de dois ou três anos, para que você pudesse trabalhar sem a preocupação de que o seu emprego estivesse ameaçado caso não houvesse uma recuperação econômica. Ou, o que seria pior, se houvesse uma recessão de fato, algo que os dados disponíveis parecem indicar como uma possibilidade que não deve ser ignorada.

O Brasil tem um grande futuro, como sempre teve. Mas há momentos em que o presente é preocupante para quem vive do salário. E este é um deles.

Max Gehringer, para CBN.

As fantásticas esculturas de vidro de Ben Young

Ben Young é um artista nascido na Nova Zelândia, mas que atualmente mora na Austrália. Autodidata, Ben Young vem produzindo esculturas com vidro por mais de dez anos. Além disso, o trabalho do artista é totalmente manual: sem a ajuda de computadores, ele manualmente desenha as peças de vidro, recorta e as agrupa, formando incríveis peças.

Com temas variados, as esculturas de Ben Young nos mostram desde paisagens naturais (com ondas do mar com um belíssimo efeito proporcionado pelas camadas de vidro, ou ainda com um modelo de fiorde, com o mar entrando por entre as montanhas), até figuras humanas (com um manequim feminino ou com um bebê no útero), passando por figuras abstratas, mas incrivelmente belas, que parecem misturar ondas sonoras e o vidro recortado.

Vejam as fantásticas esculturas de vidro de Ben Young:

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Ben Young esculturas de vidro ondas do mar

Imagens via site de Ben Young. Dica via Empty Kingdom - Ben Young.

Blog Widget by LinkWithin