As belas e sensuais mulheres na fotografia de Ksenia Pocherney a.k.a. MissFiksa

Ksenia Pocherney, mais conhecida como MissFiksa, é uma fotógrafa russa. Especializada em fotografar lindas mulheres, Ksenia Pocherney produz fotos cheias de sensualidade e beleza, com um toque fashion. São fotos sensuais, mas sem vulgaridade, enfatizando o que as belas modelos têm de melhor.

Vejam as belas e sensuais mulheres na fotografia de Ksenia Pocherney a.k.a. MissFiksa:

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Ksenia Pocherney MissFiksa fotografia fashion modelos sensuais lindas mulheres

Imagens via perfil de Ksenia Pocherney, a.k.a. MissFiksa, no 500px.

Não espere alguém perguntar por que você ainda não mudou - by Max Gehringer

6:17 PM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 01/10/2014, com o comentário especial em comemoração ao aniversário da CBN, com um ouvinte que pergunta sobre a própria carreira do Max Gehringer.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Não espere alguém perguntar por que você ainda não mudou

max gehringer

"Meu nome é Fábio Barone, eu tenho 32 anos, moro na de cidade Contagem, Minas Gerais. Eu ouço a CBN por cerca de oito anos aproximadamente. Eu gostaria de perguntar, Max, porque eu já li sobre sua carreira, e eu percebi que você alcançou altos cargos executivos em empresas de renome. Mas então, seguindo a contra-mão das decisões mais típicas de alguém que chega onde chegou, você abandonou o mundo corporativo. A partir daí, nesse cenário, eu tenho duas perguntas pra te fazer. Por que você tomou essa decisão? E a pergunta número dois: por que você não tentou empreender? Estou falando no sentido mais clássico da palavra, que é montar o seu próprio negócio e buscar o seu lugar no mercado. Um abraço a todos."

Olá, Fábio. Começando por sua segunda pergunta: eu me tornei um empreendedor. Abri uma empresa de prestação de serviços de textos, áudios, conferências e o que mais me pedirem para fazer.

Agora, a sua primeira pergunta, a de eu ter apeado da categoria dos empregados quando isso parecia ainda prematuro. Ao chegar ao cargo de presidente, algo que sinceramente jamais constou em meus planos de carreira, não demorou muito para que eu entendesse que dali em diante, as coisas aconteceriam na base do "mais do mesmo".

Desde bem jovem, eu gostava de escrever. Mas não pude seguir esse caminho porque, como no caso da maioria dos jovens brasileiros, eu precisava começar a trabalhar para poder ajudar nas despesas domésticas. Quando eu senti que podia arriscar, arrisquei. E todos os meus amigos me disseram que eu tinha perdido o juízo. O tempo me mostrou que essa foi a decisão mais acertada que tomei na vida. Mas confesso que a transição não deixou de me preocupar no primeiro ano.

De qualquer forma, compartilho com você uma filosofia que norteou a minha carreira, não só nessa mudança mais radical, como também nas quatro mudanças de emprego que fiz, e que não foram bem digeridas por meus empregadores quando eu pedi a conta. A filosofia é esta: é melhor que alguém nos pergunte por que mudamos, em vez de esperarmos que alguém, um dia, nos pergunte por que ainda não mudamos.

É isso, Fábio. Um abraço para você e para todos os ouvintes. Muito obrigado por sua atenção durante todos esses anos e espero continuar a merecê-la enquanto eu tiver cabeça e voz para continuar.

Max Gehringer, para CBN.

As surreais e lisérgicas ilustrações em preto e branco com partes de corpos de Olivia Knapp

Olivia Knapp é uma artista americana. Depois de trabalhar por vários anos como designer na indústria fashion (criando desenhos e padrões impressos em tecidos), ela decidiu seguir a carreira artística. Atualmente, Knapp passa a maior parte do tempo desenhando intrincadas e detalhadas ilustrações. Usando lápis e tinta preta apenas, a artista cria ilustrações surreais em preto e branco com incríveis texturas, estas formadas apenas por pontos e traços.

Com formas e técnicas inspiradas nas ilustrações científicas e médicas produzidas entre os séculos 16 e 18, Olivia Knapp nos traz ilustrações surreais, dignas das mais potentes viagens de ácido lisérgico. Nessas ilustrações, a artista nos mostra partes de corpos em diferentes e totalmente surreais contextos, como um cérebro cuja espinha é um cabo de energia que pode ser ligada nas tomadas de um brócolis ou de um coração, ou ainda mãos que se unem numa oração carregando um cérebro como sacola enquanto um olho emerge a partir do cerne de uma flor.

Vejam as surreais e lisérgicas ilustrações em preto e branco com partes de corpos de Olivia Knapp:

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Olivia Knapp ilustrações preto e branco surreais lisérgicas partes de corpos

Imagens via site de Olivia Knapp. Dica via Beautiful/Decay - Olivia Knapp's Drawings Are Still Lifes On Acid.

'Candidatos têm revelado fatos que antes eles preferiam omitir, como religião e ideologia' - by Max Gehringer

5:47 PM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/09/2014, com uma ouvinte que cuida do recrutamento de novos empregados e está procurando uma forma de se adaptar ao modo como os candidatos têm revelado fatos pessoais que antes eles preferiam omitir.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Candidatos têm revelado fatos que antes eles preferiam omitir, como religião e ideologia'

entrevista de emprego

Uma ouvinte escreve: "Sou gerente de recrutamento de uma empresa famosa. De algum tempo para cá, tenho notado que alguns candidatos a emprego têm revelado, sem serem perguntados, alguns fatos que, não faz muito tempo, os candidatos preferiam omitir. Como, por exemplo, religião, ideologia, opção sexual e condições clínicas não aparentes. Como há um cerco cada vez maior nas várias formas de discriminação no mercado de trabalho, que é potencializado por denúncias em redes sociais, só posso deduzir que muitos candidatos passaram a acreditar que pertencer a uma minoria aumenta a chance de contratação. Ainda estou procurando a melhor forma de me adaptar a essa nova realidade. Você teria alguma sugestão?"

Eu tenho uma história. Certa vez, eu entrevistava um candidato e ele me disse que eu precisava saber que ele era homossexual. O que eu respondi foi que não, eu não precisava saber, porque ele estava sendo avaliado pelo currículo acadêmico e pela experiência funcional. E o que ele tinha me dito não se encaixava em nenhum desses dois quesitos. Por fim, ele não foi contratado porque havia candidatos melhores do que ele.

Porém, você tem razão. Isso ocorreu antes das redes sociais. Hoje, o que eu provavelmente faria seria entregar previamente aos entrevistados uma folha afirmando que a empresa é contra qualquer tipo de discriminação, que nada que não se relacione ao trabalho será perguntado na entrevista e nem levado em consideração se for revelado espontaneamente. No fundo, é o que sempre deveria ter sido. Mas agora, aparentemente precisa ficar escrito.

Max Gehringer, para CBN.

As mulheres nas ilustrações de fantasia e ficção científica de Julie Dillon

Já comentei sobre o trabalho da artista americana Julie Dillon anteriormente, quando mostrei algumas de suas incríveis ilustrações de fantasia e ficção científica. Neste post trago mais do trabalho de Julie Dillon, mas com as ilustrações tendo um denominador comum: mulheres. E também uma dose de feminismo.

Não são as típicas mulheres sensuais e cheias de curvas da maioria das ilustrações de fantasia e ficção científica, mas sim representações femininas "positivas e diversas", como diz Julie Dillon. Isso se traduz em personagens femininas não necessariamente fortes (algumas o são), mas personagens críveis, com personalidade e femininas em toda a gama de possibilidades que a palavra evoca, fugindo dos estereótipos de mocinhas em perigo ou heroínas estilo comics americanos (mulheres com (poucas) roupas sensuais que mais atrapalhariam do que ajudariam numa luta). Várias dessas ilustrações são do livro que a artista lançou via Kickstarter (numa campanha de crowdfunding), denominada Imagined Realms, cujo tema é justamente mostrar "representações positivas e diversificadas de mulheres na fantasia e ficção científica".

Vejam as mulheres nas ilustrações de fantasia e ficção científica de Julie Dillon:

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica mulheres fortes personalidade

Vejam também:
- As incríveis ilustrações de fantasia e ficção científica de Julie Dillon

Imagens via perfil de Julie Dillon no DeviantArt.

Blog Widget by LinkWithin