As incríveis ilustrações de fantasia e ficção científica de Julie Dillon

Julie Dillon é uma talentosa artista americana que produz incríveis ilustrações de fantasia e ficção científica. Com um variado portfólio, Julie Dillon trabalha como freelancer e já teve seu trabalho reconhecido internacionalmente, ao ser nomeada para receber um dos prêmios Hugo (um dos prêmios mais importantes em termos de ficção científica e fantasia).

Neste post reuni algumas das ilustrações de Julie Dillon que mais me chamaram a atenção. É uma mistura de trabalhos pessoais e comissionados, indo desde ilustrações para card games a capas de livros, contendo desde elementos clássicos de fantasia, como dragões, monstros e demônios, até figuras de ficção científica, como astronautas, robôs e batalhas com naves espaciais.

Vejam as incríveis ilustrações de fantasia e ficção científica de Julie Dillon:


Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Fingolfin e Morgoth (O Silmarillion)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Sereias espaciais

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Elíptico

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Sonhos artificiais

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Anjos caídos e demônios

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Azazel e as almas pecadoras

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Monstros sob a superfície do mar

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Corvos

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Análise de custo-benefício (ilustração para o conto A Cost-Benefit Analysis of the Proposed Trade-Offs for the Overhaul of the Barricade)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Dragão-demônio

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Anjo caído (Fallen Angel do game Duel Masters)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Êxodo

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Dragões e tapetes voadores (capa do livro Luck of the Draw)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Da Carne ao Pó (carta de Magic: The Gathering - Flesh To Dust)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Recém-nascido

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Penitência

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Ravnica Playmat - Star City Games

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Reafirmação

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Vai e Doradon

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Monstros de vitrais (capa do livro Stained Glass Monsters: Eferum Book 1)

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Lúcifer

Julie Dillon deviantart ilustrações fantasia ficção científica

Figura mística

Imagens via perfil de Julie Dillon no DeviantArt. Dica via The Design Inspiration - Fingolfin and Morgoth.

'Além de ignorar minhas solicitações, empresa contratou um chefe para mim' - by Max Gehringer

9:51 AM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/09/2014, com um ouvinte gerente que está com o emprego em risco porque ganhou um novo chefe entre ele e seu antigo chefe.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Além de ignorar minhas solicitações, empresa contratou um chefe para mim'

chefe demitindo

Um ouvinte escreve: "Sou chefe de um departamento. Os resultados não têm sido dos melhores nos últimos meses. E eu tenho insistido em meus relatórios que precisamos de mais investimentos, tanto em pessoal quanto em infraestrutura. Acontece que, além de ignorar minhas solicitações, a direção da empresa decidiu contratar um novo gerente, que foi colocado entre mim e meu diretor. Segundo me foi explicado, esse gerente havia conseguido grandes resultados em empregos anteriores, porque a especialidade dele era fazer muito com pouco. O resultado foi que ganhei um chefe que passa o dia inteiro me cobrando e me pressionando. Não quero criar antagonismos e pergunto como devo proceder?"

Bom, permita-me ser tão claro quanto a sua situação exige: você será demitido. Quando uma empresa simplesmente coloca um novo quadrinho no organograma acima de outro quadrinho já existente, um dos dois sobra. E o quadrinho de baixo é que irá desaparecer. É apenas uma questão de tempo. O novo gerente só está tomando pé da situação antes de tomar a decisão.

Provavelmente, você nunca deu motivos para uma demissão. E sugiro que não dê agora. Procure se adequar ao estilo do novo gerente, mas não tenha dúvidas quanto às intenções dele e da empresa.

Eu já vi inúmeros casos semelhantes ao seu e em todos eles o desfecho foi o mesmo. Portanto, atualize a sua lista de contatos e comece a planejar a continuidade de sua carreira em outra empresa. Uma que lhe dê os recursos de que você precisa para obter bons resultados.

Max Gehringer, para CBN.

As ilustrações de fantasia e ficção científica de RJ Palmer

RJ Palmer é um artista americano especializado em ilustrações e artes conceituais. Produzindo ilustrações com temas de fantasia e ficção científica, a especialidade de RJ Palmer é o design de personagens, monstros e outras criaturas.

Neste post reuni algumas ilustrações do artista, mais focado no universo da fantasia (apesar de haver algumas poucas em que o tema é ficção, como o espetacular Alien). Entretanto, o artista também é bastante conhecido por desenvolver ilustrações de Pokemons realistas, reimaginando os monstrinhos fofos dos games como verdadeiras criaturas grotescas. Além disso, Palmer também tem uma queda por dinossauros, como pode se ver em seu portfólio.

Vejam as ilustrações de fantasia e ficção científica de RJ Palmer:

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

RJ Palmer arvalis deviantart ilustrações fantasia monstros e criaturas

Imagens via perfil de RJ Palmer no DeviantArt. Dica via The Design Inspiration - Hydra.

'Fiz relações internacionais e até hoje não consegui um emprego na área' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/09/2014, com o desabafo de um ouvinte que cursou relações internacionais e não conseguiu um emprego na área.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Fiz relações internacionais e até hoje não consegui um emprego na área'

relações internacionais

Um ouvinte escreve: "Gostaria de fazer um desabafo. Eu me formei em relações internacionais. Rememorando os motivos que me levaram a optar por esse curso, percebo que fui ingênuo. Eu sempre me relacionei bem com pessoas e sempre sonhei com uma carreira internacional. Juntando essas duas coisas, o curso parecia uma resposta óbvia às minhas aspirações. Pois bem. Não consegui nenhum emprego compatível com o curso e hoje trabalho como corretor de imóveis. E nenhum dos colegas de curso com os quais tenho contato está trabalhando em algo sequer parecido com relações internacionais. Este desabafo é mais para alertar sobre a falácia desses cursos com nomes chamativos que não geram oportunidades de carreira."

Muito bem. Sinto por sua situação, mas não compartilho de sua conclusão. Não existem cursos ruins por natureza, existem cursos mal escolhidos. Se você estivesse trabalhando na época em um escritório de importação e exportação, o curso de relações internacionais teria sido uma decisão coerente.

Existem cursos que sempre originaram carreiras a partir do diploma, como medicina e engenharia, por exemplo. E existem outros que para serem cursados, requerem cuidados preliminares. Já estar trabalhando na área ou conhecer alguém que trabalhe e que possa servir como referência em uma contratação, são dois desses cuidados.

O seu desabafo é um sinal de alerta em relação a cursos não tradicionais. Mais no sentido de que é preciso pensar com cuidado antes para não se arrepender depois.

Max Gehringer, para CBN.

Itens e equipamentos de soldados através da história na fotografia de Thom Atkinson

Thom Atkinson é um fotógrafo baseado na Inglaterra. Em sua série "Soldiers' Inventories" (Inventários de Soldados), Atkinson fotografa e documenta os itens carregados por diferentes classes de soldados britânicos através da história, começando pela Batalha de Hastings em 1066 até os dias atuais, passando por famosas batalhas como Waterloo ou a Guerra das Falklands (Malvinas).

Para criar esta série, Thom Atkinson visitou comunidades históricas que usam algumas dessas coleções para reencenar batalhas: "Com a exceção da fotografia dos dias atuais, que foi feita com a ajuda do Corpo de Engenheiros Reais Britânico, todos os artefatos são de posse de membros de vários grupos históricos que reencenam batalhas. Os objetos de períodos mais modernos são a maioria vintage com alguma reprodução aqui e ali. Quando você vai mais ao passado, os objetos são geralmente reproduções feitas por reencenadores depois de uma grande pesquisa. É incrível - há de fato ferreiros que se especializam em fazer reproduções."


Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Huscarl, Batalha de Hastings, 1066

As fotografias mostram o conjunto de itens e equipamentos alinhados e organizados. Como diz o artista: "É um processo lento, um pouco como um jogo de Tetris - você coloca alguns itens-chave e então começa a preencher as lacunas. Algumas vezes você tem que voltar ou recomeçar tudo do zero porque não está funcionando. Eu queria organizar os objetos de uma forma que eles ilustrassem e dessem pistas do que eles são - objetos pertencendo à categoria comida são agrupados juntos, assim como itens que se relacionam a rifles e armas e assim por diante".

E, por fim, Thom Atkinson fala sobre um dos aspectos que mais lhe chamou a atenção ao criar esta série, que envolve história, seres humanos e mudança ou não: "Enquanto é fascinante ver o desenvolvimento e evolução dos equipamentos, há muitas coisas que realmente não mudaram nada. A necessidade por comida, água, fogo, calor, até mesmo entretenimento, não mudaram em 1000 anos. Há uma colher em todas as fotografias, por exemplo. Uma capa pode ter evoluído em um manto, um grande casaco e eventualmente um saco de dormir, mas a necessidade humana de se permanecer aquecido é exatamente a mesma. É incrível pensar que mesmo com a tecnologia tendo evoluído tanto, as pessoas as usando podiam ter sido muito semelhantes."

Vejam os itens e equipamentos de soldados através da história na fotografia de Thom Atkinson:


Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Cavaleiro montado, Cerco a Jerusalém, 1244

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Arqueiro, Batalha de Azincourt, 1415

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Soldado de York, Batalha de Bosworth Field, 1485

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Trained Band Caliverman, Tilbury, 1588

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

New Model Army Musketeer, Batalha de Naseby, 1645

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Sentinela raso, Batalha de Malplaquet, 1709

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Soldado raso, Batalha de Waterloo, 1815

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Soldado raso, Brigada de rifle, Batalha de Alma, 1854

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Sargento, Batalha do Somme, 1916

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Cabo, Brigada de Paraquedas, Batalha de Arnhem, 1944

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Royal Marine Commando, Guerra das Falklands (Malvinas), 1982

Thom Atkinson fotografia equipamento soldados pela história

Close Support Sapper, Corpo de Engenheiros Reais, Província de Helmand, 2014

Imagens via site de Thom Atkinson. Informações com entrevista de Atkinson via Digital Photography Review - Things they carried: Thom Atkinson's 'Soldiers' Inventories'. Dica via Beautiful/Decay - The History Of Military Uniforms From The 11th Century To The Present.

Blog Widget by LinkWithin