2017-07-20

No ambiente de trabalho, é melhor fazer comentários presencialmente - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/07/2017, sobre avaliações 360.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

No ambiente de trabalho, é melhor fazer comentários presencialmente

conversa no trabalho

Um ouvinte escreve: "Minha empresa está implantando um processo de avaliação chamado 360. Pelo que entendi, todo mundo avalia todo mundo. E no meu caso, vou poder dizer o que realmente penso do meu superior. É isso mesmo ou estou boiando?"

É isso mesmo. Cada empregado, qualquer que seja sua posição na hierarquia, será avaliado pelo chefe direto, por colegas do mesmo setor e pelos subordinados, caso os tenha.

O resumo é que você, além de avaliar o chefe e os colegas, também saberá como é visto por eles e descobrirá que o modo como os outros vêem você não é exatamente o modo como você se vê.

Quanto a dizer o que você realmente pensa do seu superior, nem é preciso que um processo de avaliação seja implantado para isso. Peça a ele um minuto e externe as suas opiniões. Digo-lhe isso porque, embora a avaliação 360 pareça ser secreta, na verdade não é. Os avaliados, de um modo ou outro, descobrirão quem os avaliou. Portanto é melhor dizer algo olhando no olho e podendo ponderar o que vai ser dito do que escrever e depois ficar pensando se deveria mesmo ter escrito.

Em minha opinião, a avaliação dos colegas é a mais importante, caso eles sejam sinceros.

Permita-me também dizer-lhe que a avaliação 360, embora sua empresa a esteja adotando agora, já é usada há mais de 20 anos. E ela começa a funcionar, de fato, a partir do segundo ano, após o primeiro ano ter mostrado que consequências práticas as diversas avaliações iniciais tiveram.

Max Gehringer, para CBN.

2017-07-19

Mais belas modelos na fotografia fashion de Sergey Moshkov

Já falei sobre o fotógrafo russo Sergey Moshkov anteriormente, quando mostrei algumas de suas fotografias fashion com belas modelos. Como o portfólio do artista é bem grande e variado, este é outro post para mostrar mais algumas de suas fotografias fashion.

Neste post separei mais algumas fotografias de Sergey Moshkov em que ele clica lindas mulheres em ensaios fashion cheios de beleza e sensualidade.

Vejam mais belas modelos na fotografia fashion de Sergey Moshkov:

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Sergey Moshkov 500px arte fotografia mulheres modelos fashion sensual ensaio fotográfico russia

Vejam também:
- As belas modelos na fotografia fashion de Sergey Moshkov

Imagens via perfil de Sergey Moshkov no 500px.

Existe algum período do dia mais indicado para pedir demissão? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/07/2017, sobre qual é a melhor hora de um empregado comunicar seu pedido de demissão ao chefe.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Existe algum período do dia mais indicado para pedir demissão?

pedindo demissão

Um ouvinte escreve: "Consegui um emprego e vou pedir demissão da empresa na qual trabalho faz quatro anos. Como nunca pedi demissão na vida, pergunto se existe algum momento do dia ou da semana que seja o mais indicado para eu comunicar a minha saída a meu superior?"

Sim, existe. Não do seu ponto de vista, mas do de seu superior, o melhor momento é o primeiro instante do dia, qualquer dia. Isso dará a ele tempo para encaminhar a situação de imediato, acionando a área de recursos humanos para cuidar de sua substituição e tomando outras providências internas com relação à sua saída. Assim, no mesmo dia em que você comunicar que vai embora, a empresa já terá tomado medidas necessárias para ficar sem você.

A exceção a essa regra é a do humor. Existem chefes que chegam ao trabalho de manhã como se tivessem tido um pesadelo que durou a noite inteira. Se o seu chefe for assim, espere até que o humor dele entre nos eixos, mas não passe das dez da manhã para apresentar a sua demissão. Caso contrário, você é que ficará mais nervoso a cada minuto.

Última dica: você não precisa dar explicações detalhadas a respeito do motivo da sua saída. Apenas a comunique e espere que perguntas lhe sejam feitas. Tenha também em mente que você não é obrigado a dizer para onde vai e nem quanto vai ganhar. Se essas perguntas surgirem, não se acanhe em dizer que você prefere não comentar. O chefe pode não gostar, mas você tem o direito de ficar calado e deve usá-lo, caso julgue conveniente.

Max Gehringer, para CBN.

2017-07-18

As surreais pinturas de robôs e rosquinhas de Eric Joyner

Eric Joyner é um artista dos Estados Unidos que produz pinturas com temas surreais. Conhecido por sua série de pinturas que envolvem sempre robôs e rosquinhas, Eric Joyner cria trabalhos divertidos e cheios de criatividade.

Eric Joyner cria robôs com um ar vintage, que misturam o visual de ficção científica dos anos 60 com o design de robôs de brinquedos dos anos 80, adicionando donuts e rosquinhas dando um ar surreal e até mesmo psicodélico.

Vejam as surreais pinturas de robôs e rosquinhas de Eric Joyner:

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Eric Joyner arte pinturas surreais robôs e donuts rosquinhas

Imagens via site de Eric Joyner. Dica via Supersonic Art - Eric Joyner's "Tarsus Bondon Dot" at Corey Helford Gallery.

Antes de fazer pesquisa de opinião com funcionários, consulte seus superiores - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/06/2017, com uma ouvinte que foi promovida a gestora há pouco tempo e quer fazer uma pesquisa de opinião com os funcionários para saber como sua gestão está sendo avaliada.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Antes de fazer pesquisa de opinião com funcionários, consulte seus superiores

pesquisa de opinião

Uma ouvinte escreve: "Faz três meses fui promovida a gestora de um contingente de 20 funcionários. Acredito que estou indo bem, mas gostaria de ter certeza. E por isso, pensei em fazer uma pesquisa com meus subordinados sobre os meus primeiros cem dias de gestão. Qual é a sua opinião?"

Bom, primeiro você precisará perguntar a seus superiores se a empresa autoriza essa pesquisa. Quando um gestor faz e outros não, isso pode vir a causar algum mal-estar entre você e seus colegas gestores.

Tendo essa autorização, você deve levar duas coisas em conta. A primeira é que as pessoas são mais sinceras quando não precisam se identificar. E a segunda é que, usualmente, subordinados respondem o que eles acham que o chefe e a empresa gostariam de ouvir, e não o que eles realmente estão pensando.

Eu então lhe sugiro começar com uma pesquisa com voto secreto e que não seja muito específica, talvez com uma só pergunta. Esta: "De 1 a 10, que nota você daria para o modo como venho gerindo o nosso setor?"

Se você tirar entre 6 e 7, está muito bom. Isso significa que você começou bem, mas que ainda precisa melhorar, que é exatamente a situação de qualquer recém-promovido. Não espere um 10 e só se preocupe se a média ficar abaixo de 5. Isso quer dizer que você precisará melhorar bastante e aí sim, poderá fazer uma pesquisa com tópicos mais específicos para saber em que áreas de atuação o seu estilo não está agradando.

Max Gehringer, para CBN.

Primeiro contato entre empresa e candidato deve deixar claro o valor do salário - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 18/07/2017, sobre informar logo de cara a um candidato a emprego o valor do salário na primeira entrevista.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Primeiro contato entre empresa e candidato deve deixar claro o valor do salário

salário na entrevista de emprego

Escreve uma ouvinte: "Trabalho com seleção de candidatos a emprego e normalmente sou a primeira a entrevistar os interessados em uma vaga, não importa para que setor da empresa ela seja. Posso dizer que faço a peneirada inicial, sem entrar nos aspectos técnicos específicos, que serão abordados pelos devidos gestores na sequência do processo.

Uma coisa que tem me chamado a atenção é que cada vez mais candidatos querem saber qual é o salário antes mesmo de dar provas que seriam funcionários aceitáveis para a nossa cultura. A que você atribui essa tendência?"


Vamos lá. Até há algum tempo, existia uma regrinha informal que recomendava: não mencione remuneração antes que o entrevistador o faça.

Eu concordo com você que essa informalidade está acabando. Hoje, os candidatos que têm noção do seu valor no mercado não querem perder tempo passando por entrevistas para só depois descobrir que o salário não será interessante.

Talvez você e os recrutadores de pessoal possam dar um empurrão a favor dessa nova sistemática, começando o primeiro contato esclarecendo mais ou menos o seguinte:

"Caro candidato, você está sendo entrevistado para a vaga tal, que se subordina ao gerente do setor tal e cujo salário é de tanto mais tais benefícios. É do seu interesse prosseguir no processo?"

Dessa forma, você estaria não só poupando o tempo do candidato, mas também, e principalmente, o seu.

Max Gehringer, para CBN.

Blog Widget by LinkWithin