Poemas - Um amor que se foi

2007-10-18 8:44 AM by Andarilho

Puxa, as vezes eu acho que não fui eu que escrevi essas coisas...

Um amor que se foi

Mais um furacão do que uma brisa do mar,
Nosso amor se foi nas asas da ventania.
Repentina como tempestade de areia no ar,
Dois tolos, duas almas e uma solidão vazia.

Não sei por que se foi, não sei o que virá,
O que sei é que nenhum amor devia ir assim.
Raiva, medo, solidão... Não sei o que esperar,
Um turbilhão de sentimentos aqui em mim.

Quero entender por que o amor acabou,
Fomos nós que o deixamos ou ele que nos deixou,
Foi pelo que você é ou pelo o que sou?

Às vezes não há resposta, só quietude,
E talvez o mau hoje, amanhã seja virtude,
E meu coração em pedaços talvez também mude.

2 comentários:

  1. BIA said...

    maioor biza duu mundook kk

  2. Andarilho said...

    Neste blog falamos português, ocasionalmente um inglês.

Blog Widget by LinkWithin