O criador e o princípio da hierarquia - by Max Gehringer

2009-06-30 10:48 AM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/06/2009, sobre o princípio da hierarquia, com um exemplo que vem desde os primórdios (se você for criacionista).

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/**********************************************************************************

O criador e o princípio da hierarquia

caindo das nuvens
Consulta de um ouvinte que caiu das nuvens. Diz ele: "Sou encarregado de um grupo de 18 funcionários. Tenho um estilo de liderança bem light, até pelas minhas convicções religiosas. Converso, ouço, procuro ajudar a quem precisa e perdoar a quem errou. Eu imaginava que esse meu estilo fosse criar um grupo homogêneo e dedicado, mas aconteceu o contrário. Fui surpreendido por um movimento de três subordinados para me derrubar do cargo. Caí das nuvens e estou em dúvida quanto ao que fazer."

Vamos então tentar juntar as suas convicções pessoais e as suas obrigações profissionais. Começando pelo sagrado princípio da hierarquia. Esse "sagrado" não está aí para deixar a frase mais bonita. A palavra "hierarquia" vem do grego e significava "as regras sagradas".

O mais antigo exemplo delas está no livro do Gênesis. O céu era organizado hierarquicamente com anjos, arcanjos, querubins e serafins, ocupando posições de maior ou menor destaque na escala celestial. E todos viviam num estado de inocência e santidade, cada um em seu devido lugar.

Um dos anjos, o mais brilhante deles, tanto que seu nome derivava da palavra "luz", chamava-se Lúcifer. Insatisfeito, ele resolveu afrontar a liderança do Criador. E o Criador, apesar de sua infinita bondade, não teve dúvidas em preservar o princípio da hierarquia, desterrando Lúcifer e seus adeptos. Ou enterrando, já que a palavra "inferno" significa "subterrâneo".

Numa escala infinitamente menor, já que o poder dele é relativo, o nosso ouvinte teve a sua liderança contestada. E precisa recuperá-la rapidamente. Se não fizer isso, a mais provável vítima da situação será ele mesmo. Nosso ouvinte precisa ser enérgico e expurgar os conspiradores. Depois, já numa posição mais fortalecida, deve conversar com o resto da equipe, e estabelecer as futuras regras de convivência e de respeito.

Naturalmente, estou imaginando que nosso ouvinte reúne as condições para ser líder. Se ele não conseguir se impôr perante os subordinados e nem conseguir o apoio da chefia para as medidas que pretende tomar, a situação mudará de feição.

Portanto, o nosso ouvinte está diante de um teste. Ele irá descobrir se é mesmo um líder, quando agir como um líder, encarando a situação de frente.

Max Gehringer, para CBN.

2 comentários:

  1. Anonymous said...

    I will not concur on it. I think polite post. Particularly the title-deed attracted me to read the sound story.

  2. Andarilho said...

    What the hell?

Blog Widget by LinkWithin