2009-05-22

Chefes que não ouvem seus subordinados - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 21/05/2009, sobre chefes, subordinados e delegação de trabalho e responsabilidades.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui).

/**********************************************************************************

Chefes que não ouvem seus subordinados

chefe surdo
Uma pertinente consulta sobre delegação. Escreve uma ouvinte: "Temos um chefe que não ouve sugestões. Ele diz que quem pode manda e quem tem juízo obedece. E trata os subordinados como se fossem amebas com meio neurônio. Isso ocorre só na nossa empresa ou esse papo de delegação é mais ficção que realidade?"

Delegar é uma habilidade bem recente no mercado de trabalho. Durante séculos, o que caracterizou a relação entre um superior e um subordinado, foi a obediência: o superior mandava fazer e o subordinado fazia sem discutir, mesmo que não entendesse porque estava fazendo.

Esse sistema de origem militar seria incorporado ao mercado de trabalho e perduraria durante séculos. Foi só na metade da década de 1950 que surgiu a expressão delegar tarefas e responsabilidades. E aos poucos, os chefes incapazes de delegar, começaram a ser descritos como relíquias do passado, embora este passado ainda esteja bem vivo em muitas empresas, como no caso de nossa ouvinte.

Por que ainda existe tanta resistência em delegar? Primeiro porque, ao delegar, o chefe não se livra da responsabilidade pelo resultado final. Se algo der errado, a culpa é dele. E segundo, porque ao contrário do que parece para quem não é chefe, mandar é mais fácil que delegar.

Mandar leva um minuto. Já delegar requer não apenas muitas explicações, mas também a definição de limites para tomadas de decisões por partes dos subordinados. Delegar requer também um acompanhamento constante por parte do superior, embora o subordinado sempre ache que tem plena capacidade para executar o trabalho sozinho e sem interferências.

Pode ser que o chefe de nossa ouvinte não delegue porque não tem confiança nos subordinados. E nunca adquiriu essa confiança porque nunca delegou. Ou pode ser que o chefe não tenha confiança nele mesmo e não delegue por receio que um subordinado possa se destacar ao ponto de ameaçar o cargo do chefe.

Mas uma coisa é certa: muitos subordinados que vivem reclamando que o chefe não delega, mudam rapidamente de idéia, quando se tornam chefes. E aí viram autocratas de carteirinha.

Saber delegar não é só um exercício burocrático, é uma arte, restrita em quem confia muito em si mesmo, e muito nos outros. Mas que também tem a sensibilidade para avaliar até que ponto cada um é confiável. Faz tempo que se diz que chefes assim são o futuro do mercado de trabalho. Mas o futuro nunca chega ao mesmo tempo em todas as empresas.

Max Gehringer, para CBN.

2 comments:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada said...

Oi Andarilho,

Sensacional falar raparigueiro e piniqueira, né? Hahaha!!!

Eu adoooooro.

Beijos e bom final de semana,

Bela

Sentimental ♥ said...

eu já te disse q adoro o Max né? poisé.

eu trabalhei durante 10 anos num lugar e por mim passaram chefes de todos os tipos, dos q mandavam e dos q delegavam, e sei bem o q o Max quis dizer com relação a confiança, é realmente muito complicado delegar e só funciona qndo há o 'casamento' entre a equipe, fora isso delegar é caixão e vela preta.

beijos

Blog Widget by LinkWithin