2016-11-14

'Passei dos 30 anos e tive uma carreira picotada' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 14/11/2016, com uma ouvinte de 30 anos que teve uma carreira picotada e agora está com dificuldades.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Passei dos 30 anos e tive uma carreira picotada'

carreira tortuosa escada

Uma ouvinte escreve: "Passei dos 30 anos e tive até agora uma carreira picotada. Formei-me em Direito, fiz alguns estágios, mas dediquei a maior parte do meu tempo a estudar para concursos públicos, sem sucesso. Decidi partir para um novo curso superior de Ciências Contábeis, imaginando que a combinação de direito e contabilidade poderia me dar uma vantagem em processos seletivos. Só que isso não está acontecendo. Não tenho conseguido nem empregos, nem estágios. Pergunto se o problema é a minha idade?"

Bom, para um estágio, talvez possa ser, porque empresas preferem conceder vagas a iniciantes, que são teoricamente mais moldáveis.

Já no caso de um emprego, o problema está mais na sua falta de experiência prática. Em um processo seletivo, sempre tem preferência os candidatos que, além da formação, já trazem uma bagagem que lhes permitirá uma adaptação mais rápida ao trabalho a ser executado. Como você ainda está no meio do novo curso, leva desvantagem em relação a um candidato a emprego já formado e com 5 anos de experiência.

Por isso, acredito que a opção mais viável seria você ingressar em uma vaga de, por exemplo, auxiliar administrativa, mas em uma empresa cujo porte lhe possa oferecer possibilidades de crescimento.

Sei que não é o que você gostaria, mas você ainda tem uns 30 anos de carreira pela frente. E usar dois deles para se assentar seria um investimento, e não um desperdício.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin