2016-11-07

Gostamos de ouvir opiniões que coincidam com as nossas - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/11/2016, sobre o lado que os comentários do Max Gehringer toma.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Gostamos de ouvir opiniões que coincidam com as nossas

ouvindo opiniões

Um ouvinte escreve: "Na maioria dos seus comentários, você se coloca a favor das empresas, e não dos ouvintes. Seria porque os empregados não assumem suas responsabilidades ou seria porque você passou muito tempo em cargos de gestão?"

Boa pergunta. Por outro lado, não são poucos os gestores de empresas que me escrevem para reclamar que eu defendo demais os empregados.

Creio que isso se deve ao fato de que todos nós gostamos de ouvir opiniões que coincidam com as nossas. E acabamos registrando mais aquelas que não coincidem.

Em meus comentários eu parto do princípio de que cada um deve cumprir o que foi combinado. Muitas das mensagens mostram que nem a empresa deixou claro para um novo contratado aquilo que ele realmente iria encontrar, e nem os admitidos fizeram nas entrevistas todas as perguntas que poderiam ter feito. E as duas coisas provocam descontentamentos, que acabarão resultando em atritos.

Percebo também que muitas empresas não estão preparadas para lidar com uma geração que tem pressa em progredir e não hesita em mudar de emprego. E tento mostrar que tanto empregadores quanto empregados precisam ser mais pacientes e mais compreensivos com essa nova dinâmica do mercado.

Ter passado anos em cargos de gestão e outros tantos em funções de baixa hierarquia, só me ensinou que nenhum dos dois lados tem sempre razão.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin