2016-02-04

'Curso em universidade americana não tão conhecida aqui terá impacto em meu currículo?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/02/2016, com um ouvinte que quer saber se o curso que ele está fazendo terá um impacto em seu currículo.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Curso em universidade americana não tão conhecida aqui terá impacto em meu currículo?'

curso no exterior

Um ouvinte escreve: "Estou fazendo um curso de especialização em gerência de negócios na modalidade de ensino a distância em uma universidade dos Estados Unidos. Ela é bem conhecida por lá, mas nem tanto por aqui. Pergunto se esse curso terá impacto em meu currículo?"

Sim, terá. Todo curso tem. Agora, se a sua pergunta fosse: "Alguma empresa me contrataria por eu estar fazendo esse curso?" A resposta seria não.

O currículo é uma soma de escolaridade e de experiência. E o objetivo de um curso como esse que você está fazendo é o de você aprender coisas novas que poderá aplicar em seu trabalho algum dia. Vale a pena fazê-lo, e não só ele, mas também outros que possam agregar cada vez mais conhecimento ao curso superior básico que você já cursou ou está cursando.

Nos últimos anos, os profissionais, principalmente os mais jovens, estão se tornando muito imediatistas em relação ao estudo, esquecendo que uma boa carreira é construída quando o acúmulo de diplomas caminha em paralelo com os resultados práticos obtidos no trabalho.

Um profissional se torna desejado no mercado quando alguém comenta algo assim: "Fulano, além de ser um tremendo negociador (ou vendedor ou qualquer outra função), ainda acha tempo para fazer cursos e se especializar." Num caso assim, o curso expande uma opinião já positiva.

É bem diferente de se dizer: "Fulano estuda, estuda, estuda, mas não consegue um bom emprego." Isso significa que uma perna da carreira está se enchendo de músculos, enquanto a outra está ficando atrofiada. Isso, naturalmente, resulta em falta de equilíbrio.

Então, sim, o curso terá impacto em seu currículo, desde que bem acompanhado por realizações práticas nos seus empregos.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin