2016-02-01

'Entrevistadores ficam assustados com meu antigo salário' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 01/02/2016, com uma ouvinte que acha que não está recebendo propostas de emprego porque fala nas entrevistas seu salário antigo, que era muito alto.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Entrevistadores ficam assustados com meu antigo salário'

salário entrevista de emprego

Uma ouvinte escreve: "Perdi meu emprego faz 7 meses. Eu tinha uma boa situação profissional e um salário bem acima da média do mercado. E, de repente, o meu mundo desabou com a demissão. Agora, nos processos de que tenho participado, noto que as empresas ficam assustadas quando menciono o meu último salário. Percebendo que isso se tornou um empecilho para uma contratação, passei a dizer de antemão que o salário não é o mais importante para mim neste momento, mas mesmo assim sou eliminada dos processos. O que devo fazer? Falar que ganhava menos do que realmente ganhava?"

Sim, essa poderia ser uma opção se você estiver convencida de que esse é o único fator que vem impedindo a sua contratação. Caso você venha a ser contratada, a empresa só descobriria o seu último salário quando você entregasse a sua carteira profissional para ser preenchida. E muito dificilmente o salário que você ganhava iria impedir, na última hora, que você fosse admitida.

Mas mencionar um salário mais aceitável nas entrevistas pode ter um outro efeito, que talvez você não esteja considerando: o de que você não está seguindo adiante nos processos por alguma outra razão. Como você parece estar convencida de que o problema é só salarial, pode estar deixando em segundo plano alguma outra situação até mais importante. Muitas vezes, e pode ser ou não o seu caso, candidatos se apegam tanto a algo que acreditam ser verdade, que acabam indo mal por falta de concentração.

Eu sugiro então que você faça um teste. Nas próximas duas entrevistas, mencione um salário mais baixo. Se o problema for mesmo esse, você receberá uma proposta de emprego. Se não receber, precisará descobrir qual é o real problema.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin