2017-04-19

'É possível ter uma carreira bem-sucedida trabalhando sempre no mesmo local?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/04/2017, sobre se é possível ter uma carreira bem sucedida trabalhando sempre no mesmo local.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'É possível ter uma carreira bem-sucedida trabalhando sempre no mesmo local?'

preso no trabalho

Um ouvinte escreve: "Estou há sete anos nesta empresa. Sou uma espécie de ave rara, porque a política da empresa é a de incentivar transferências para filiais de outros estados e eu nunca sai daqui. Vários colegas meus se aventuraram e se deram bem, mas outros não se adaptaram às mudanças e pediram a conta ou foram demitidos. Pergunto se é possível ter uma carreira bem-sucedida trabalhando sempre no mesmo local?"

Bom, permita-me contar-lhe uma historinha. Numa empresa em que eu trabalhei, havia um gerente que morava a três quarteirões da fábrica. Um dia, houve uma festa porque ele, pela primeira vez, havia engatado a terceira marcha no carro dele, cuja única utilidade era levá-lo de casa para o trabalho e vice-versa. Ele tinha 12 anos de empresa, era muito inteligente e nunca eu o vi triste ou chateado.

O que teria acontecido se ele tivesse se aventurado mais, já que convites para mudar não lhe faltaram? E a resposta é: ninguém sabe. Uma mudança poderia ter resultado tanto em progresso quanto em desastre. Tudo o que posso lhe dizer é que aquele gerente se sentia feliz consigo mesmo e com a escolha que ele fez.

E é isso que você também tem que decidir. Se você dorme bem e acorda disposto, se não tem variações de humor, se não passa horas e horas pensando que talvez não esteja no lugar certo, tudo isso significa que uma mudança lhe faria mais mal do que bem.

E para finalizar, tenha em mente que uma boa mudança é a combinação de preparação, coragem e bom senso. E esse último e vital fator costuma ser o menos considerado.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin