2017-04-03

'Fui demitido depois de 15 anos e não sei como procurar emprego' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/04/2017, com dicas de como começar a procurar um emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Fui demitido depois de 15 anos e não sei como procurar emprego'

procurando emprego

Um ouvinte escreve: "Fui demitido após trabalhar por 15 anos na mesma empresa. Estou enferrujado no quesito de procurar emprego e pergunto: por onde começar?"

Vamos lá. Você começa dizendo ao mundo que está desempregado: vizinhos, amigos, parentes, antigos professores e colegas de escola. Através da internet, você achará uma forma de se comunicar com pessoas com as quais perdeu o contato. Faça isso, sem nenhum receio.

Quem ficou muito tempo no mesmo emprego, como você, sente certa vergonha de pedir ajuda. Mas o mercado de trabalho já ficou sem vergonha, no bom sentido. Perder o emprego já não é mais a tragédia que foi um dia, principalmente em uma situação crítica como a atual.

Uma minoria dos contatados irá lhe responder. Mas isso já é suficiente, porque uma boa indicação valerá mais do que uma centena de cadastros.

Você precisará ter um currículo e encontrará uma infinidade de modelos na internet. Escolha um sucinto e sem enfeites.

E finalmente, uma dica. Escolha cinco empresas nas quais você gostaria de trabalhar e mande para elas uma carta de apresentação com o currículo anexado, aos cuidados de recursos humanos.

E por que uma carta? Porque a imensa comodidade digital fez com que as cartas quase desaparecessem. Há 20 anos, uma boa empresa recebia mais de cem currículos por dia pelo correio. Hoje não recebe nem uma dúzia.

O que parece anacrônico tornou-se um diferencial. E a sua carta terá uma razoável chance de, ao menos, ser lida, ao contrário do que acontece com o cadastramento no site da empresa ou dos currículos enviados por via eletrônica.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin