2017-04-21

'Se eu mudar de emprego, minha empresa atual vai falir' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 21/04/2017, com uma ouvinte que recebeu uma proposta melhor de uma empresa concorrente, mas que acha que se sair da empresa atual, ela vai fechar.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Se eu mudar de emprego, minha empresa atual vai falir'

mudando de emprego

Uma ouvinte escreve: "Já ouvi você falar sobre uma mudança de emprego para uma empresa concorrente e entendi que se deve mudar quando a proposta é boa. Mas veja o meu caso. Sou uma espécie de faz-tudo na empresa atual, que tem somente sete empregados. O dono só aparece por aqui de vez em quando e tudo fica em minhas mãos para resolver. Um concorrente maior me chamou para trabalhar com ele e sei que se eu sair daqui, a empresa acaba. O dono já disse isso mais de uma vez. O que faço?"

Vamos lá. No mercado de trabalho existem regras e existem exceções. Mas o mais comum é cada um de nós achar que faz parte do rol de exceções, e não da vasta regra geral.

Talvez você seja uma dessas raríssimas exceções, uma coluna que sustenta sozinha toda uma organização sem ser a proprietária dela. Mas acredite: no mercado de trabalho, isso costuma ser mais ilusão do que realidade.

O que você deve fazer é conversar com o dono da sua empresa e mostrar a ele a proposta que recebeu. Se ele lhe disser para fazer o que você achar melhor, não tenha dúvida em mudar.

Se ele vai mesmo decidir fechar a empresa, isso será um problema dele, e não seu. Se você for, de fato, essencial e indispensável, o dono deveria, no mínimo, cobrir a proposta que você recebeu.

Portanto não pense por ele. Pense por você. A decisão que você irá tomar deverá ser estritamente profissional, sempre tendo em mente que o emprego pertence à empresa, mas a carreira pertence ao profissional.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin