2017-03-22

'Leio que a economia está melhorando, mas continuo desempregada' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/03/2017, com uma ouvinte que continua desempregada e quer saber se as notícias de que a economia está melhorando se aplicam a todos.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Leio que a economia está melhorando, mas continuo desempregada'

desemprego no brasil crise jovens

Uma ouvinte escreve: "Tenho lido notícias de que a situação econômica do país está melhorando e que os índices estão mostrando sinais de recuperação. Mas não vejo nenhum reflexo dessa melhora. Para mim, tudo continua na mesma. Estou desempregada há mais de um ano e fazendo bicos para pagar as contas. E olha que não estou querendo ser vice-presidente de multinacional, só almejo um empreguinho decente para me manter. Será que o trem está passando e eu não estou vendo?"

Não, sua visão está ótima. A questão está na maneira como os dados econômicos devem ser entendidos. A previsão é de que o PIB desse ano cresça 1% sobre o ano passado. Comemorar esse fato seria a mesma coisa que comemorar um gol depois de ter levado sete, porque esse foi o tamanho do tombo do PIB nos últimos dois anos.

Na prática, isso significa que centenas de milhares de jovens que deveriam ter ingressado no mercado de trabalho não conseguiram vagas. E outros tantos também não encontrarão portas abertas para iniciar dignamente uma carreira este ano.

Para que a situação do emprego se equilibre, o PIB do Brasil precisará crescer entre 3% e 5% ao ano durante três ou quatro anos seguidos. Por enquanto, como ponderou nossa ouvinte, a solução é o bico informal ou um negócio próprio ou, o que é pior, um jovem optar por nem procurar emprego.

Os jovens representam atualmente um terço do número total de desempregados. É um doloroso desperdício do potencial da geração mais diplomada e mais bem informada que esse país já produziu.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin