2017-03-29

'Meus subordinados não foram avisados da promoção e me tratam como colega' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/03/2017, com uma ouvinte que foi promovida a gestora, mas apenas informalmente.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Meus subordinados não foram avisados da promoção e me tratam como colega'

colegas de trabalho

Uma ouvinte escreve: "Trabalho faz cinco anos em uma empresa. Nesse período tive duas daquelas promoções dentro da própria função, sendo a segunda delas para analista sênior. No mês passado, o meu gestor foi demitido e o meu gerente me chamou para uma conversa. Ele me disse que eu assumiria o setor, mas ainda sem o título de gestora, que me seria dado em breve, mas que eu já receberia um aumento salarial por conta de 5%.

Passadas quatro semanas, sinto-me numa situação estranha. Para o meu gerente, eu sou a gestora. Mas para os meus subordinados, eu continuo sendo colega, já que não houve nenhum comunicado formal sobre a minha promoção. O que posso deduzir dessa situação?"


O que você provavelmente já deduziu: que a sua promoção não é definitiva. É bem possível que, na hora de decidir quem substituiria o gestor demitido, você tenha sido a escolha mais óbvia.

Mas uma promoção sempre envolve três pessoas. No caso, o seu gerente, o chefe dele e a área de recursos humanos. Talvez uma delas tenha manifestado algum tipo de dúvida quanto às suas aptidões para o cargo.

Ao não lhe dar imediatamente o título e um aumento salarial maior, a empresa lhe preservou, no caso de você não se sair bem como gestora.

Agora, seria bom você pedir a seu gerente que fizesse uma avaliação informal do seu primeiro mês como gestora. Mesmo que você não pergunte diretamente quando virá o resto da promoção, ele irá dizer algo, porque não é fácil enrolar alguém por muito mais tempo do que você está sendo enrolada.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin