2017-06-27

'Meu superior disse que ninguém pode adoecer e fiquei com a sensação de que trabalhar se sentindo mal é uma obrigação' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 27/06/2017, sobre como em uma situação de dispensas, os mais prováveis a serem demitidos são os que se atrasam e os que têm muitas faltas, com atestado médico ou não.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Meu superior disse que ninguém pode adoecer e fiquei com a sensação de que trabalhar se sentindo mal é uma obrigação'

trabalhador doente

Uma ouvinte escreve: "Precisei ir ao médico, pois não me sentia bem e perdi o dia de trabalho. No dia seguinte, meu superior me falou, meio em tom de brincadeira, que aqui na empresa ninguém pode ficar doente. Apesar da frase parecer divertida, eu a levei a sério. Tenho colegas que vêm trabalhar mesmo quando estão fortemente gripados e passam o dia inteiro espirrando. Acho que é o medo de ser mandado embora ou sei lá. Mas fiquei com a sensação de que vir trabalhar doente é quase uma obrigação. Estou exagerando?"

Sim e não. Vir trabalhar doente não é nenhuma obrigação. Qualquer empregado é protegido por um atestado médico quando, de fato, não está em condições clínicas para dedicar ao trabalho a atenção necessária.

Mas há sim, um motivo para você se preocupar. Quando uma empresa precisa fazer uma lista de dispensa, ou em razão de uma crise econômica ou de uma má situação temporária da própria empresa, essa lista costuma ser elaborada não para castigar os faltantes, mas para preservar os assíduos.

Por isso, costumam constar nessa lista os que mais se atrasam e os que mais têm faltas, atestadas ou não. De modo bastante oblíquo, deve ter sido isso que seu superior tentou lhe dizer.

Mas, obviamente, se você realmente não pode vir trabalhar num dado dia, não deve vir. E uma falta com atestado muito de vez em quando não irá causar nenhum dano ao seu emprego.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin