2016-10-28

'Sou gerente e um subordinado me pediu um empréstimo' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/10/2016, com um ouvinte cujo subordinado lhe pediu um empréstimo.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Sou gerente e um subordinado me pediu um empréstimo'

pedindo empréstimos

Escreve um ouvinte: "Sou gerente de uma área e um subordinado me pediu dinheiro emprestado. Sempre procurei aconselhar quem trabalha comigo sobre assuntos profissionais e pessoais. E certamente esse meu modo aberto de me relacionar induziu meu subordinado a solicitar o empréstimo. Eu nunca fiz isso e não estou inclinado a fazer, mas gostaria de ouvir a sua opinião."

A minha opinião é: não empreste. Se você emprestar e ele por algum motivo não puder pagar na data combinada, você terá uma indesejável dor de cabeça. E se ele pagar direitinho, outros subordinados seus se sentirão igualmente tentados a usar você como banco. E as duas situações fogem completamente à relação entre chefes e subordinados.

Porém, como simplesmente negar pode criar um clima de constrangimento entre vocês, tente encontrar uma alternativa. Por exemplo, um empréstimo através da empresa, para ser descontado em folha. Embora essa não seja uma prática usual em empresas, também não é uma raridade. Empresas de dono fazem isso, desde que o funcionário tenha feito por merecer. Há também casos em que empresas são associadas a cooperativas de crédito, que fazem empréstimos a juros mais baixos.

Se nenhuma dessas situações se aplica à sua empresa, sugiro que você seja sincero e direto com o seu subordinado, esclarecendo a ele que emprestar dinheiro não é parte das atribuições de um chefe. Ele não gostará, mas entenderá.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin