2013-03-21

Entrevistas de emprego: Candidatos bem preparados nem sempre são contratados - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 21/03/2013, sobre como em entrevistas de emprego o candidato deve além de estar bem preparado, prestar muita atenção ao entrevistador.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Candidatos bem preparados nem sempre são contratados

entrevista de emprego ruim

Não é novidade para ninguém que para se sair bem em uma entrevista, o candidato precisa estar muito bem preparado. O que pouca gente sabe é que muitos candidatos extremamente bem preparados acabam não sendo contratados e por um motivo muito simples: eles não prestam a devida atenção ao entrevistador.

Por exemplo, o entrevistador pergunta para o candidato muito bem preparado: "O que você sabe sobre a nossa empresa?" E o candidato muito bem preparado responde: "Bom, eu li o relatório anual e os indicadores financeiros revelam um crescimento orgânico sustentável." Essa é uma resposta brilhante e péssima. Porque o candidato muito bem preparado invadiu uma área perigosa, chamada região de ignorância do entrevistador. O entrevistador pode não ter lido o relatório anual da própria empresa e já começa a ficar com raiva do candidato.

Segunda pergunta: "Se você vier a trabalhar conosco, quais são as suas expectativas?" Resposta: "Ah, é ser, um dia, o presidente da empresa." Uma resposta ambiciosa e péssima. Porque o entrevistador pode estar ocupando a mesma função há 18 anos e agora aparece um pentelho muito bem preparado dizendo que quer ser o chefe do chefe dele. A mesma coisa acontece quando o candidato menciona, só por mencionar, que fez um MBA, sem saber se o entrevistador sequer concluiu uma faculdade.

Por mais bem preparado que o candidato esteja, ele não pode esquecer que o poder de contratá-lo ou não, está nas mãos do entrevistador. Por isso, em entrevistas o candidato sempre deve procurar passar a impressão que o grande sonho da sua vida é ser um pouquinho menos do que o entrevistador é.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin