2013-06-04

'Blefei em uma solicitação de aumento e meu chefe falou que eu poderia aceitar a proposta' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/06/2013, com um ouvinte que blefou para tentar conseguir um aumento, mas o chefe não aceitou o blefe e agora o ouvinte pode ser demitido.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Blefei em uma solicitação de aumento e meu chefe falou que eu poderia aceitar a proposta'

blefes

Um ouvinte escreve, e eu tive que ler três vezes para me convencer de que ele realmente escreveu o que escreveu. Diz ele:

"Blefei em uma solicitação de aumento ao dizer para meu chefe que eu tinha uma proposta melhor de outra empresa. Eu não tinha, mas um amigo meu havia usado a mesma tática com sucesso e decidi arriscar também. Só que meu chefe me respondeu que não me daria o aumento e que eu poderia aceitar a outra proposta se quisesse. Para não assumir na frente dele que eu estava blefando, eu respondi que tudo bem. E ele encerrou o assunto. Assim que saí da sala, meu chefe ligou para o setor de recursos humanos requisitando um novo funcionário para ocupar o meu lugar.

Sei que o processo para a contratação do meu substituto está em andamento. E eu venho sendo tratado como um demissionário já faz alguns dias. Mas acontece que não formalizei a minha demissão. Devo esperar para ser demitido?"


Vamos lá. Você teria uma vantagem financeira se fosse demitido: a de receber a multa sobre o fundo de garantia.

Agora vamos ao aspecto moral dessa questão. Primeiro, você mentiu para conseguir um aumento. E agora está em dúvida se vai, ou não, cumprir a ameaça de se demitir.

Perdoe-me, mas só posso lhe recomendar que você repense suas atitudes. Você ainda tem muitos e muitos anos de carreira pela frente. E o que você está fazendo pode até lhe render uns trocados em curto prazo, mas poderá vir a ter consequências mais adiante. Uma delas seria o de uma empresa pedir referências sobre você ao chefe que não engoliu o seu blefe.

Max Gehringer, para CBN.

1 comment:

Albuq said...

Eita que esse foi precipitado, viu!

Blog Widget by LinkWithin