2013-06-19

'O que devo fazer quando a empresa solicita graduação superior?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/06/2013, com um ouvinte que está sendo solicitado pela empresa a fazer um curso superior.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'O que devo fazer quando a empresa solicita graduação superior?'

curso superior técnico

Um ouvinte escreve: "Tenho 48 anos, sou técnico contábil e a empresa em que trabalho me solicitou que eu fizesse uma graduação superior. Estou pensando em cursar Direito, mas alguns colegas me disseram que seria melhor um curso de Tecnólogo em Gestão Financeira. Porque além de ser mais curto, é mais ligado a função que executo. Pergunto qual das duas opções seria a mais recomendável."

Bom, a não ser que você tenha uma boa explicação para a sua ideia de cursar Direito, a opção sugerida por seus colegas é melhor, exatamente pelos motivos que eles lhe deram. Você iria se aperfeiçoar naquilo que já faz. Mesmo assim, eu lhe sugiro entender um pouco melhor a situação antes de decidir.

Existem empresas que estão exigindo dos candidatos a vagas na área administrativa, formação superior e até um pouco mais. E aí a empresa se depara com o fato de que esses novos empregados, dos quais tanto foi exigido, irão trabalhar junto com outros que teriam sido barrados no mesmo processo seletivo, se dele participassem. A empresa de nosso ouvinte parece se enquadrar nessa situação. E foi daí que veio a exigência, mais do que uma sugestão, de concluir um curso superior.

Se alguém na empresa pensou em tudo isso, a melhor maneira de decidir qual seria o curso mais apropriado é conversando com essa pessoa, que provavelmente trabalha na área de recursos humanos. Se qualquer curso servir, o melhor, de fato, seria o mais curto e o mais condizente com a função. Porém, um curso de Direito poderia abrir possibilidades futuras, dentro da própria empresa ou até fora dela. Como por exemplo, na prestação de um concurso público.

Em resumo: se existem pessoas que podem esclarecer quais são os reais objetivos da empresa, é melhor consultá-las do que decidir sozinho ou se deixar conduzir pela opinião de pessoas bem intencionadas.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin