2013-11-29

'Meu gestor nunca me usa como exemplo positivo durante as reuniões' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/11/2013, com um ouvinte que tem um gestor que nunca o usa como exemplo positivo nas reuniões.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Meu gestor nunca me usa como exemplo positivo durante as reuniões'

reuniões de trabalho

Escreve um ouvinte: "Não posso reclamar do meu emprego. Eu me dou bem com todo mundo e nunca tive qualquer atrito sério com ninguém. Acontece que toda segunda-feira temos uma reunião em nosso setor, para avaliar a semana que passou. Nessas reuniões, o meu gestor me usa, com alguma frequência, como exemplo de situações que não deram certo. Não vejo isso como perseguição. Ele só menciona algo que não produziu o efeito esperado, fala o meu nome de passagem e já muda para o tema seguinte.

Não me sinto ofendido e nem constrangido, mas o problema é que ele nunca me usa como exemplo positivo. E colegas meus, com desempenho pior do que o meu, nunca são mencionados. Se alguém de fora da empresa assistisse a um par dessas reuniões, sairia com a impressão de que tudo o que acontece de errado no setor é culpa minha. Devo deixar essa situação passar batida ou fazer algo a respeito?"


Bom, tudo é uma questão de personalidade. Sua e do seu gestor. Muito provavelmente, ele evita citar um colega seu porque sabe que aí, haveria uma reação. Como você não reage, o seu nome se tranformou em uma referência passageira e quase inconsciente, ao fato de que nem tudo na vida dá certo.

Se isso não o incomoda, e se seus colegas não vêem você como um incompetente, sugiro que você continue levando numa boa. Caso você venha a se sentir mais incomodado do que se sente agora, fale reservadamente com o seu gestor. Diga a ele que você não tem problema em ver um erro seu apontado publicamente. Mas que você gostaria que um acerto também fosse. Ele entenderá.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin