2016-03-23

É bem mais complicado mudar de uma empresa menor para uma maior - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/03/2016, com um ouvinte que está em dúvida se compensa mudar pra outra empresa, de menor porte, mas recebendo mais.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

É bem mais complicado mudar de uma empresa menor para uma maior

empresa de grande porte

Um ouvinte escreve que foi selecionado para um programa de 2 anos como trainee em uma grande empresa: "Isso faz um ano e estou satisfeito", ele diz. "A empresa é excelente e eu gostaria muito de continuar nela, mas o histórico de efetivação de trainees após 2 anos é baixo, cerca de 7%. Já recebi propostas para ganhar até 20% mais em empresas de porte menor e estou em dúvida se o melhor é mudar já, para ganhar mais, ou continuar aqui por mais um ano e arriscar para ver se me torno um dos 7% que ficam."

Bom, a segunda opção seria melhor para a sua carreira: ficar.

Não é muito difícil mudar de uma empresa grande para uma menor, mas o contrário costuma ser bem mais complicado e imagino que você pretenda construir uma carreira em empresas como esta, em que está atualmente. Por isso, eu só lhe aconselharia a mudar já se fosse para outra empresa com tamanho e oportunidades semelhantes a atual.

Quanto a diferença salarial, isso é normal no mercado. Por atraírem muitos bons candidatos, as empresas mais conhecidas podem pagar salários iniciais mais baixos, enquanto as empresas de menor porte precisam compensar pagando um pouco mais para quem é bom. Com o passar dos anos, essa diferença a menor desaparece e os benefícios oferecidos pelas empresas de maior porte são mais vantajosos.

Finalmente, se 7% vão ficar e se você acreditar que pode estar nesse grupo, mudar agora talvez seja um retrocesso, e não um passo adiante.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin