2016-03-14

Posso impor a maneira de meus subordinados se vestirem? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 14/03/2016, com um ouvinte que é chefe e se sente incomodado com a aparência de seus subordinados.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Posso impor a maneira de meus subordinados se vestirem?

vestindo no trabalho

Um ouvinte escreve: "Antes que você diga isso, reconheço que sou um chefe à moda antiga. Tenho 42 anos de idade e 17 de empresa. E comecei a ficar muito incomodado com a aparência de vários de meus subordinados. São uns jovens com uns cortes estranhos de cabelo e com colorações ainda mais estranhas, umas roupas que doem na vista e outras coisas assim. Pergunto se a legislação me permite impor a maneira de meus subordinados se vestirem?"

A você, não. Mas a sua empresa, sim. Ela pode estabelecer o que se chama de código de conduta, que inclui uma série de comportamentos desejados dos empregados e também o modo adequado de eles se vestirem no trabalho.

Mas empresas só costumam fazer isso quando os empregados têm contato direto com o público e a aparência deles possa ocasionar perda de clientes. Se esse não é o caso da sua empresa e se a diretoria dela não está vendo problemas na diversidade, um chefe não pode impor sozinho regras de conduta que a empresa como um todo não adota.

Permita-me também enfatizar que você não pode fazer piadas ou brincadeiras com seus subordinados para que eles entendam que você está incomodado com o modo como eles se trajam ou se maquiam ou se penteiam. Isso até foi rotina de chefe há um par de décadas, mas hoje é considerado assédio moral.

Em resumo, e espero não ofendê-lo, você precisa se adaptar. Ser um chefe à moda presente, cobrando os funcionários pelo desempenho e sem julgá-los pela aparência.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin