2016-03-22

Não espere uma comissão de recrutadores ao voltar do exterior - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/03/2016, sobre passar um tempo no exterior.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Não espere uma comissão de recrutadores ao voltar do exterior

estudando no exterior

Uma mãe ouvinte escreve: "Meu filho tem 25 anos e um bom emprego em uma boa empresa. Só que ele está pensando em pedir a conta para passar um ano no exterior para se tornar fluente em outro idioma e mais algumas vantagens que ele vê em ficar um ano fora. Para mim, isso não parece muito sensato. O que você me diz?"

Digo-lhe que a senhora e seu filho estão vendo a mesma situação por ângulos diferentes. A senhora vê o presente e seu filho está mirando no futuro. Essa experiência no exterior se tornou bem possível nos últimos anos, devido aos preços razoáveis oferecidos por agências especializadas.

E o seu filho sabe que quanto mais tempo ele esperar, menor será a possibilidade de ele poder ir. Perto dos 30 anos já seria um pouco tarde para ele arriscar, porque ele já estaria mais ancorado em um emprego.

Então a minha sugestão seria que ele aproveitasse a idade e fosse, porque essa experiência agregará conhecimentos muito úteis.

Porém o seu filho não deve esperar por uma comissão de recrutadores oferecendo empregos assim que ele regressar. Pode ser até que ele não consiga um emprego imediato semelhante ao que tem hoje.

Passar um tempo no exterior será, sem dúvida, um diferencial para o futuro dele. Mas o que garante promoções é o desempenho no dia a dia, e não apenas o fato de ter passado um tempo fora. Se ele estiver consciente disso, boa viagem e bom proveito para ele. E tranquilidade para a senhora.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin