2016-03-30

'Participo de uma entrevista mesmo recém-contratada por outra?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/03/2016, com uma ouvinte que foi recém-contratada por uma empresa, mas que foi chamada para uma entrevista em outra.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Participo de uma entrevista mesmo recém-contratada por outra?'

mulher em entrevista de emprego

Uma ouvinte escreve: "Perdi o meu emprego há 3 meses, mas consegui me recolocar, até mais rapidamente do que eu esperava. Comecei aqui faz pouco mais de um mês, sinto-me bem, mas quando eu fui contratada, estava participando também de outro processo, em uma empresa que, acredito eu, irá me oferecer melhores possibilidades de carreira. Agora fui chamada para uma entrevista com a pessoa que tem o poder de decisão e estou em dúvida se devo ir ou não. Acho muito agradável pedir a conta ainda durante o período de experiência e sem ter qualquer queixa contra a empresa atual. Qual seria a melhor solução num caso como o meu?"

Você deve ir à entrevista, sem dúvida. E depois dela, deve avaliar comparativamente a proposta que receber e as condições que tem no emprego atual, em três aspectos: a remuneração, as oportunidades de desenvolvimento em curto e médio prazo e o ambiente de trabalho.

Se você não tiver informações sobre a outra empresa que lhe permitam comparar o ambiente e as oportunidades, deve aproveitar a entrevista para solicitá-las. Deixe claro na entrevista que a mudança lhe interessa muito, mas que você só aceitaria ir com a certeza de que estaria fazendo o melhor por sua carreira.

Depois, caso você decida ir, escreva uma carta de demissão e respire fundo. Você ouvirá do seu chefe atual várias coisas que não farão bem a seus ouvidos, mas isso passa. Ao final da conversa, agradeça, sem tentar explicar que você tomou a decisão certa, porque seu chefe não aceitará os seus argumentos.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin