2016-06-16

'Como ser persistente sem ser inoportuno?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 16/06/2016, com uma ouvinte que pediu ajuda a uma ex-colega de escola para conseguir um emprego e quer saber como pode ser persistente no contato, sem ser inoportuna.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Como ser persistente sem ser inoportuno?'

importunando

Uma ouvinte escreve: "Gostaria muito de trabalhar em uma empresa que fica próxima a minha casa. Descobri que uma antiga colega de escola trabalha lá e mandei um e-mail para ela, reatando o contato e perguntando se ela poderia me ajudar com uma indicação. Ela me respondeu dizendo que iria ver o que poderia ser feito.

Passadas duas semanas, não recebi nenhuma resposta e escrevi de novo para ela. E ela respondeu que havia falado com o setor de recrutamento. Só isso, sem me pedir um currículo ou algo que pudesse dar a impressão de que ela realmente está querendo me ajudar. Pretendo voltar a escrever para ela, mas a minha pergunta é: como posso ser persistente sem ser inoportuna?"


Bom, o fato de que a sua ex-colega de escola lhe respondeu duas vezes não deixa de ser um fato positivo. Mas as duas respostas vagas que ela lhe deu não foram um retorno muito alentador.

Você pode testar o real interesse dela no seu caso, convidando-a para um almoço ou um café, já que você mora perto da empresa. Um contato pessoal sempre produz resultados melhores do que uma troca de mensagens.

Ao escrever fazendo o convite, tente se lembrar de algum caso que uniu vocês duas nos tempos de escola. Talvez ela não esteja se recordando exatamente de quem você é. Se ela aceitar o convite, o interesse em ajudar você existe. Caso contrário, parta para outra opção. Vai ver ela era uma chata no tempo da escola e continua sendo.

Max Gehringer, para CBN.


2 comments:

Cintia Yamane said...

... Ou ela que era chata com essa amiga, e agora fica pedindo ajuda... XD

Andarilho said...

Eu tb pensei nisso, hahaha

Blog Widget by LinkWithin