2016-06-23

'Posso oferecer uma comissão com quem negocio um contrato?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/06/2016, com um ouvinte que gostaria de propor uma comissão para o funcionário com quem ele negocia, caso o negócio seja fechado.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Posso oferecer uma comissão com quem negocio um contrato?'

negociação

Um ouvinte escreve: "Sou representante autônomo de uma marca e estou negociando um contrato bastante lucrativo com uma empresa. Pergunto se, caso o contrato seja fechado, eu posso oferecer um prêmio à pessoa que está negociando comigo, a título de comissão?"

Vamos lá. Se durante a negociação você acenar com essa possibilidade, isso será visto como propina. Na pior das hipóteses, caso a situação venha à tona, o contrato será cancelado, o funcionário envolvido será demitido por justa causa e você corre o risco de perder a representação autônoma.

Agora, se o negócio for fechado sem que você tenha prometido nada e só depois acenar com a possibilidade de um prêmio, tudo dependerá de como a empresa do funcionário premiado enxerga uma situação dessas. A grande maioria não só desaprova, como pune severamente.

Dito tudo isso, você sabe que propinas fazem parte da história do Brasil desde os tempos das botas do Marquês de Pombal. Então, se todo mundo faz, por que você não faria? Já que o negócio seria interessante para três das quatro partes envolvidas: você, a empresa que você apresenta e o funcionário que vai ganhar algum por fora. E a resposta é: porque isso não é ético, nem é honesto.

Eu espero que você consiga negociar o contrato sem espertezas oblíquas, usando apenas as suas boas qualidades como vendedor.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin