2017-09-28

Estabelecer prioridades ajuda a recuperar confiança da equipe no trabalho - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/09/2017, com um ouvinte gestor que teve uma média ruim na pesquisa de clima organizacional.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Estabelecer prioridades ajuda a recuperar confiança da equipe no trabalho

pesquisa clima organizacional

Um ouvinte escreve: "Sou gestor de um setor administrativo. Na pesquisa de clima organizacional que a empresa promove anualmente, ficamos com a pior média entre quinze áreas pesquisadas. Os quesitos considerados são todos de avaliação mais subjetiva do que numérica, como liderança, comunicação, respeito, valorização. Pergunto: como devo conduzir a retomada da confiança da minha equipe?"

Bom, para começar, nessas pesquisas de clima, usualmente as áreas administrativas ficam acima da média da empresa. As médias mais baixas costumam ocorrer nas áreas de vendas e produção, nas quais existe mais pressão da chefia por resultados imediatos.

O que posso lhe sugerir é estabelecer prioridades, começando pelo item que teve a pior avaliação. Reúna a sua equipe, tente entender as razões da média ruim e estabeleça um plano concreto de ação para reverter a situação.

Se você conseguir resolver adequadamente o que mais preocupa a todos, você receberá um voto de confiança dos seus subordinados. E os itens restantes, sempre na ordem do pior para o melhor, irão sendo solucionados no devido tempo.

Tentar atacar tudo de uma só vez só lhe traria uma carga adicional de trabalho, além de tirar o seu foco do problema principal.

Normalmente o que ocorre em avaliações de clima organizacional é que existe uma insatisfação com apenas um item. E isso faz com que os demais itens passem a ser vistos mais negativamente do que realmente são.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin