2017-09-25

Momento econômico não facilita a vida de quem procura emprego - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/09/2017, com um ouvinte que enviou centenas de currículos, mas não conseguiu nem uma entrevista de emprego sequer.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Momento econômico não facilita a vida de quem procura emprego

procurando emprego

Um ouvinte escreve: "Não sei se existe uma competição para saber quem manda mais currículos, mas se existir, eu devo estar no topo da tabela. Nos últimos oito meses, enviei mais de duzentos e não consegui nenhuma entrevista. Será que o meu currículo é tão ruim que afugenta os recrutadores em vez de atraí-los?"

Bom, se você tem um currículo padrão, com aqueles campos de vaga pretendida, experiência prática e formação acadêmica, a resposta certamente é: não, não afugenta.

Porém é preciso levar em conta a situação do mercado de trabalho nos últimos anos. O PIB brasileiro teve um tombo histórico e isso fez com que as empresas se retraíssem.

Vagas que deveriam ter sido abertas, não foram. E centenas de milhares de jovens que poderiam ter ingressado no mercado de trabalho, não encontraram postos para acomodá-los. Assim como você, uma infinidade deles também enviou currículos para empresas, que simplesmente não estão fazendo contratações.

Você poderia focar a sua busca em setores menos afetados pela crise, como farmacêuticos e cosméticos. Mas a exiguidade geral de vagas tem feito com que as poucas vagas que são abertas sejam preenchidas não através do recebimento de currículos, mas por indicação direta.

Portanto você precisa restaurar a sua lista de contatos, começando por colegas de escola, professores, vizinhos, parentes, amigos. Como você já percebeu, hoje em dia uma única referência vale mais do que duzentos currículos.

Max Gehringer, para CBN.


Um comentário:

Cintia Yamane disse...

E mesmo assim nego faz escarcéu nas redes sociais quando vê uma vaga que exija mais de 4 "itens de conhecimento", como se fosse absurdo pedir conhecimento em coisas que ele deveria saber >_<

Blog Widget by LinkWithin