2017-12-15

'Quero indicar minha amiga para um emprego, mas nunca trabalhei com ela' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 15/12/2017, com uma ouvinte que tem uma amiga que pediu para indicá-la no trabalho, mas a ouvinte nunca trabalhou com a amiga para saber se ela seria boa no emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Quero indicar minha amiga para um emprego, mas nunca trabalhei com ela'

amigas no trabalho

Uma ouvinte escreve: "Uma amiga me pediu para eu indicá-la para uma vaga na empresa em que trabalho. Conheço o chefe do setor e poderia fazer a indicação, mas o problema é que nunca trabalhei com essa amiga e não sei se ela seria profissionalmente qualificada para que eu a recomende. O que você sugere?"

Em nome da amizade, você pode recomendá-la ao dito chefe, mas tomando o cuidado de só dizer o que você sabe: que a sua amiga se relaciona bem com todo mundo, por exemplo.

No tocante à execução do trabalho, deixe claro que você não pode dar referências, mas apreciaria se o chefe pudesse entrevistar a sua amiga e deduzir, por conta própria, se ela reúne condições para ser contratada. Esse é o caminho mais indicado e menos perigoso, pensando não só na situação presente, mas em outras que possam surgir.

Se você disser maravilhas sobre a sua amiga e ela for contratada, mas não mostrar no trabalho tudo o que você falou dela, você perderá a confiança dentro da empresa para fazer futuras indicações.

E pode ser que, um dia, você precise indicar alguém que realmente conheça e queira ajudar, mas terá a indicação rejeitada, por ter feito uma que levou mais em consideração a amizade do que o interesse da empresa.

Em resumo, não deixe que o respeito que você já acumulou seja minado por imaginar que, se a sua amiga não der certo no emprego, a culpa não será sua, porque a empresa achará que foi.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin