2014-06-05

Não se coloque contra as práticas informais da empresa - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 05/06/2014, sobre como ir contra as práticas informais e a cultura interna de uma empresa pode não ser um bom negócio para a carreira.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Não se coloque contra as práticas informais da empresa

cultura interna

Uma ouvinte escreve: "Tenho uma dúvida que talvez seja insignificante. Comecei a trabalhar em uma empresa e diariamente temos uma reunião matinal com o nosso coordenador. Ele apenas repete coisas que nós já sabemos, mas todos os meus colegas anotam cada palavra do que ele diz. Eu acho isso desnecessário e contraproducente, mas o coordenador já me perguntou, mais de uma vez, se eu não iria anotar nada. Há alguma razão para que eu passe a anotar, além de fazer o coordenador se sentir importante?"

Bom, talvez a sua dúvida não seja tão insignificante como lhe parece. Você já verificou se nas reuniões de outros setores da sua empresa, ninguém anota nada quando os chefes falam? Porque, caso todos os participantes façam anotações, aí a questão deixa de ser uma necessidade do seu coordenador ter o ego massageado por quinze minutos, e passa a ser uma questão de cultura interna.

Toda e qualquer empresa tem uma coleção de práticas informais, que nada acrescentam aos negócios, mas transmitem a ideia de que os funcionários entendem que aquele é o procedimento da empresa e aderem a ele.

Ao se colocar contra uma dessas práticas, por mais banal que ela possa lhe parecer, qual seria a sua mensagem? A de que você é independente e tem personalidade? Creio que haverá ocasiões melhores para você demonstrar essas duas qualidades.

Por enquanto, a sua atitude apenas mostra desinteresse em querer fazer parte de um grupo. Isso pode lhe dar alguma satisfação pessoal, mas não ajudará em nada a sua carreira nessa empresa.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin