2014-06-12

Superiores devem acompanhar os funcionários com baixo desempenho - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 12/06/2014, sobre como um dos papéis de superiores deve ser o de acompanhar e orientar os funcionários com baixo desempenho.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Superiores devem acompanhar os funcionários com baixo desempenho

supervisor

Uma ouvinte escreve: "Tenho uma colega de trabalho que, me perdoe a sinceridade, é burra. Ela não consegue executar as tarefas mais elementares. Por outro lado, ela é muito simpática e muito carente. Por isso, eu acabo trabalhando por mim e por ela. Ensino, dou dicas, corrijo e, não raramente, refaço tudo o que ela fez, para que ela possa entregar um trabalho aceitável. Nosso superior já comentou comigo que essa colega não terá condições de continuar na empresa, se não melhorar muito. E eu, sinceramente, não sei mais o que fazer para ajudá-la a manter o emprego."

Bom, todas as suas atitudes são louváveis, mas vamos por partes. Primeiro: alguém aprovou a contratação dessa sua colega. E imagino que ela tenha passado pelos testes de suficiência apropriados para conseguir o emprego. Se não passou, a sua empresa cometeu o primeiro erro.

Em segundo lugar, o papel de seu superior é o de acompanhar e orientar a sua colega, para que ela melhore. E não o de dizer para você que ela precisa melhorar. Portanto você está assumindo responsabilidades que não são suas, para compensar erros que não foram seus.

Mas, considerando-se o seu bom coração, o que você pode sugerir a seu superior é que a empresa pague algum curso para que sua colega possa aprender o mínimo necessário para desempenhar o trabalho. Se ele recusar, você pode ajudar a sua colega a procurar outro emprego, um mais adequado ao nível de conhecimento dela. E sugiro que você também pense em sair, porque a sua empresa me parece muito displicente.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin