2014-07-09

'Devo deixar o meu emprego de vendedora para fazer um estágio na área que estudo?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 09/07/2014, com uma ouvinte que cursa psicologia e quer saber se vale a pena deixar o emprego de vendedora para fazer um estágio.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Devo deixar o meu emprego de vendedora para fazer um estágio na área que estudo?'

estágio psicologia

"Tenho 31 anos", uma ouvinte escreve. "E estou cursando o terceiro ano de Psicologia. Meus professores me recomendam que eu faça um estágio na área, mas para isso eu teria que me demitir do meu emprego atual de vendedora em uma loja. Devo arriscar?"

Sim, deve, sem dúvida, porque certamente foi por isso mesmo que você começou o curso. Mas eu sugiro que você só peça demissão depois de conseguir o estágio. Isso porque psicologia é uma profissão em que o número de vagas abertas nos últimos anos tem sido bem inferior ao número de formandos. Daí não ser fácil conseguir um emprego ou um estágio, a não ser que você conheça alguém que possa indicá-la diretamente para um.

Quando existe essa saturação de mercado, e isso está acontecendo com várias profissões, os formandos partem para funções não diretamente ligadas à formação. No caso de psicólogos, uma função que vem oferecendo vagas é, acredite se quiser, a de vendedora.

Vender é uma arte que exige, entre outras coisas, psicologia para entender o cliente e deixá-lo satisfeito com a compra. Daí, uma vendedora que tenha um curso de Psicologia leva uma bela vantagem na hora da contratação.

Você pode optar por esse caminho: o de agregar uma nova habilidade a um trabalho que você já executa. E talvez em uma empresa maior, se a loja em que você trabalha não pode lhe oferecer nada além do que você já faz.

Eu espero que você consiga um estágio. Mas, caso não o consiga, não imagine que você esteja perdendo tempo ao cursar Psicologia. Esse pode ser o melhor investimento de sua carreira, desde que você veja o curso como algo que irá incrementar as suas possibilidades, e não restringi-las.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin