2014-07-22

'Meu supervisor vai deixar a empresa e eu já fui falar com o gerente para me candidatar à vaga' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/07/2014, com um ouvinte que foi conversar com o gerente de sua área sobre a vaga de supervisor que irá abrir e que ele quer se candidatar.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Meu supervisor vai deixar a empresa e eu já fui falar com o gerente para me candidatar à vaga'

promoção chefia

Um ouvinte escreve: "O meu supervisor irá se aposentar dentro de três meses. Já foi anunciado que ele deixará a empresa e, portanto, alguém será promovido ou contratado para ocupar o lugar dele. Eu decidi ir conversar com o gerente da minha área, que terá a palavra final no processo, e me candidatei à vaga que ficará aberta. O gerente me respondeu que a intenção dele é avaliar primeiramente os candidatos internos. No caso de nenhum preencher os requisitos desejáveis, aí então seria feito um recrutamento externo. Perguntei ao gerente que requisitos seriam esses e ele me disse que, no momento adequado, todos os interessados na vaga seriam informados ao mesmo tempo. E ele também me falou que caso eu não venha a ser o escolhido, isso não deve me desanimar porque outras oportunidades surgirão no futuro. Isso significa que ele já me descartou?"

Não! Significa exatamente o que ele lhe falou: que haverá um processo interno, cujas regras serão informadas no momento adequado. Como certamente alguns de seus colegas também devem estar interessados nessa vaga e só um de você será contemplado, o seu gerente apenas lhe antecipou o óbvio fato de que será impossível agradar a todos.

Mas ter ido conversar com ele foi uma boa iniciativa da sua parte. Mostrou que você quer ser chefe e que se sente preparado para isso. Se você for o escolhido, parabéns! Se não for, ofereço-lhe uma sugestão: seja o primeiro a cumprimentar o seu colega que for promovido. Essa atitude terá um efeito muito mais positivo em seu futuro na empresa do que teria uma reclamação ou uma lamentação. Foi isso que o seu gerente quis lhe dizer.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin