2014-07-02

'Não sei bem como mostrar uma visão estratégica para almejar uma gerência' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 02/07/2014, com um ouvinte que almeja progredir na carreira, mas para isso precisa mostrar visão estratégica.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Não sei bem como mostrar uma visão estratégica para almejar uma gerência'

visão estratégica

"Minha dúvida é a seguinte", escreve um ouvinte: "Sempre trabalhei na área operacional. Atualmente sou encarregado de um setor e quero continuar progredindo. Mas já fui avisado de que, para almejar uma gerência, preciso também mostrar que tenho visão estratégica. Já me explicaram que ser estratégico é pensar no médio e longo prazo, mas não sei bem como começar a mostrar isso já a partir de hoje."

Grande pergunta. Muita gente pensa que essa transição do operacional para o estratégico significa esquecer a prática e passar a pensar só na teoria. Não é nada disso. A sua função continuará a ser operacional e você continuará tomando as decisões de sempre.

O que lhe foi dito é que você precisará começar a mostrar que entende qual é o impacto e quais são os efeitos que as suas decisões imediatas podem causar, tanto ao seu setor, quanto aos setores que têm contato com o seu.

Até agora, esse tipo de preocupação quem vem mostrando é o seu gerente. Se você puxar pela memória, vai se lembrar de várias situações em que ele disse: "Não vamos fazer assim porque pode dar problema com a área financeira." Ou então: "Antes de decidir, vamos consultar recursos humanos."

Simplificando, ninguém espera que você comece, da noite para o dia, a traçar novas estratégias para a empresa. Mas apenas que você passe a se preocupar com aquelas áreas, cuja função é pensar mais estrategicamente.

Ou seja, você precisará aprender a ser político e entender os seus colegas não operacionais. Duas coisas que costumam causar enxaqueca a quem foi sempre 100% operacional.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin