2015-04-02

Existem empresas que adotam o modelo de trabalho parcial em casa? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 02/04/2015, com uma ouvinte que pediu para trabalhar meio período em casa, mas teve seu pedido negado.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Existem empresas que adotam o modelo de trabalho parcial em casa?

trabalho em casa

Uma ouvinte escreve: "Metade do trabalho que executo precisa ser feito no escritório da empresa, mas a outra metade poderia ser feita em casa. Procurei meu chefe e propus que eu só viesse ao expediente na parte da manhã e trabalhasse à tarde em casa. No dia seguinte, ao chegar, eu mostraria o que havia feito na tarde anterior, para ele ver que a minha produtividade em casa seria até maior do que no escritório. Ele negou o meu pedido, afirmando que mais gente iria querer a regalia e a situação poderia fugir do controle. Fiquei chateada por ele ter negado sem nem pensar no assunto e, mais ainda, por ele ter classificado o meu pedido como regalia. Pergunto se existem empresas que adotam esse modelo de trabalho parcial em casa?"

Sim, existem e em número crescente. Além de custar menos para a empresa, o trabalho em casa costuma ser mais eficiente, como você diz, por ser menos sujeito a distrações. Porém, em todas as empresas que adotaram esse modelo, a decisão sempre veio do alto. Foi uma medida coletiva, analisada e colocada em prática, e não uma decisão de um chefe só, a partir de um caso isolado.

O que seu chefe quis lhe dizer e não disse claramente, é que ele não tem autoridade suficiente para atender ao seu pedido. Mas ele poderia ter levado a sugestão ao superior dele, para que a direção da empresa avaliasse a quantos outros setores a medida poderia ser estendida e estabelecesse os critérios para que ela pudesse ser implantada. Em resumo, o seu chefe foi prudente, mas foi também omisso.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin