2015-04-29

'Perfil acadêmico está me atrapalhando?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/04/2015, sobre como artigos acadêmicos podem ser usados para atrair a atenção de empresas para o currículo de um profissional.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Perfil acadêmico está me atrapalhando?'

artigo científico

Um ouvinte escreve: "Estou concluindo o curso de Psicologia e tenho interesse em ingressar em uma empresa, de preferência no setor de recrutamento. Desde que comecei o curso, venho publicando artigos acadêmicos em sites e em revistas especializadas, e adicionei essa informação a meu currículo. Como até agora não fui chamado para entrevistas, pergunto se meu perfil acadêmico possa estar sendo mal visto pelos recrutadores?"

Não creio que esteja, mas ajudaria bastante se você adicionasse informações práticas a seus artigos.

Você pode partir de um caso que seja comum a muitas empresas, como por exemplo, um candidato a emprego que mente em entrevistas. Em seus artigos, você pode definir o que seja um mentiroso patológico e teorizar sobre as causas que conduzem a esse estado.

Mas estando diante de um, como o seu conhecimento lhe permitiria identificá-lo? Que perguntas você faria? Quais sinais ou gestos podem lhe dar uma pista de que alguém esteja mentindo? Cruzar os braços, coçar o nariz, desviar o olhar?

Creio que esse seja o ponto que poderia diferenciar os seus artigos. Uma coisa é você citar uma frase de um psicólogo famoso. E outra é você mostrar como ela pode ser usada em benefício de uma empresa em uma situação corriqueira.

Empresas apreciam o conhecimento acadêmico, em qualquer área, mas contratam quem pode produzir resultados práticos. E isso não é uma discriminação, porque um bom profissional pode combinar as duas coisas.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin