2018-03-12

Agências de serviços temporários são opção para jovens desempregados - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 12/03/2018, com um jovem ouvinte que não está conseguindo um emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Agências de serviços temporários são opção para jovens desempregados

inserção no mercado de trabalho

Um ouvinte escreve: "Tenho 20 anos, concluí um curso superior em modalidade tecnológica e venho há meses tentando conseguir um emprego. Afinal de contas, a situação do Brasil melhorou ou não?"

Sim, melhorou em relação ao que o Brasil tinha sido, nos dois anos em que o PIB desabou. Porém, como você está constatando, essa melhora ainda está longe de resolver o problema do desemprego, principalmente em casos como o seu.

Segundo o IBGE, um em cada quatro jovens brasileiros entre 18 e 24 anos, terminou o ano passado sem emprego formal. Essa é a herança mais indigesta da crise econômica.

Para normalizar a situação, seria preciso que quatro milhões de vagas fossem criadas em curto prazo.

A sugestão que posso lhe dar de imediato é a de se cadastrar em agências que fornecem serviço temporário a empresas. Embora seja um trabalho transitório, ele oferece a oportunidade de entrar em uma empresa, mostrar serviço, chamar a atenção e, eventualmente, receber uma proposta para se tornar um empregado fixo.

Recomendo-lhe também não se ater somente ao curso em que você se formou. O seu diploma é um passe de entrada no mercado de trabalho, e não uma barreira para que você rejeite vagas em outras áreas.

A sua avaliação é correta. Uma melhora nas contas do governo não é um alívio para quem procura emprego e não acha. Mas essa é a situação presente. E é preciso saber aproveitar as poucas brechas que aparecem para se inserir no mercado de trabalho.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin