2018-03-20

'Filho do dono assumiu empresa e não concordo com nada do que ele diz' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/03/2018, com um ouvinte que trabalha em uma empresa familiar e não está gostando da direção que o filho do dono está tomando na empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Filho do dono assumiu empresa e não concordo com nada do que ele diz'

empresa familiar

Um ouvinte escreve: "Trabalho em uma empresa familiar há tanto tempo, que já perdi a conta. Nunca tive nenhuma desavença, nenhuma complicação e nenhuma queixa. Mas agora, o dono precisou se afastar por motivo de doença, e o filho dele assumiu a direção. É um garotão mimado, que passou a vida viajando e só arrota teorias. Estou desolado com a situação e temo ser dispensado por não compartilhar de nada do que ele diz. Devo me recolher a meu canto e ficar calado?"

Não, claro que não. Mas também não deve mover uma campanha aberta contra a nova direção.

A maneira mais prática de abordar essa situação é pensar nela como uma mudança de rumo, como se a empresa tivesse sido comprada por outro grupo. Em casos assim, são inevitáveis as alterações na maneira como as coisas vinham acontecendo. Quem chega tem novas ideias, algumas boas, outras nem tanto.

A insatisfação que você está sentindo se deve ao simples fato de que após passar bastante tempo com o dono anterior, você se acostumou tanto ao jeito dele que até já conseguia prever as decisões que ele iria tomar. Agora, a sua contribuição se tornará ainda mais valiosa, desde que você ofereça opiniões, e não lamentações.

Minha sugestão é que você passe a agir como se tivesse mudado de emprego. O que você faria se estivesse começando em outra empresa? Faça o mesmo na atual. E a maior parte de sua desolação presente irá se amenizar em breve tempo.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin