2018-03-14

'Colega com menos de tempo de casa foi promovido, mas quem coordena o setor sou eu' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 14/03/2018, com um ouvinte que reclamou da promoção a gerente de um colega e acabou ficando como supervisor da sua área.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Colega com menos de tempo de casa foi promovido, mas quem coordena o setor sou eu'

supervisor do setor

Um ouvinte escreve: "Estou em uma empresa de porte médio. E recentemente, o gerente do nosso setor pediu demissão. Um colega foi promovido para a posição dele, mas eu reclamei com a direção, porque tenho mais tempo de casa e, modéstia a parte, mais conhecimento sobre a rotina do setor.

A direção me deu então o cargo de supervisor, com um reajuste salarial. E agora, eu e meu colega gerente, estamos numa situação estranha. Ele é meu chefe direto, mas eu é que coordeno os funcionários do setor. Como posso conviver com essa situação, sem criar atritos?"


Vamos lá. Não existe organograma em que um se subordina a um, especialmente em uma empresa de porte médio. É um custo sobreposto e desnecessário, como você mesmo está percebendo. Cedo ou tarde, só vai sobrar um dos dois.

Sugiro que você faça o seu trabalho da melhor maneira possível e sempre com respeito, para que, em caso de demissão do seu gerente, ele não atribua o fato a um golpe da sua parte.

Agora, se você vê o seu gerente seguro no cargo, tendo inteira confiança da direção, você é quem corre o risco de ter a função eliminada em breve tempo. A sua promoção pode ter sido uma medida temporária para não desmontar o setor, caso você pedisse a conta.

Mas esteja certo de que a direção ficará de olho, em você e no gerente. O que se sair melhor, permanece. Como você conhece bem a empresa, saberá avaliar, melhor que ninguém, se está garantido ou balançando.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin