2018-03-28

'Fui contratado pelo diretor da empresa, mas trabalho não seguiu o planejado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/03/2018, com um ouvinte que foi contratado para liderar um grupo de trabalho pelo próprio diretor, mas um gerente dissolveu o seu grupo de trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Fui contratado pelo diretor da empresa, mas trabalho não seguiu o planejado'

diretor de empresa

Escreve um ouvinte: "Já ouvi você comentar que não se deve pular níveis hierárquicos para resolver situações de trabalho. Mas pergunto se a minha situação se enquadraria nesse caso. Fui contratado faz quatro meses, para coordenar um grupo de trabalho. Quem me entrevistou e decidiu me admitir foi o próprio diretor da empresa.

Comecei a trabalhar e tudo ia bem, até que outra pessoa foi contratada para gerenciar dois setores, incluindo o meu. Essa pessoa, que não entende tecnicamente o tipo de trabalho que eu executo, simplesmente me isolou, desde que sentou na cadeira de gerente. O grupo de trabalho que eu liderava foi extinto e passei a ser simplesmente mais um analista, entre tantos outros. Minha pergunta é: devo falar com o diretor?"


Sem dúvida nenhuma, deve. Meus comentários passados sobre saltos sobre a hierarquia foram em respostas a consultas do tipo: "Meu chefe não me dá oportunidades, posso ir falar diretamente com o chefe dele?"

Mas o seu caso é diferente. Você aceitou esse emprego a partir de informações que lhe foram passadas pessoalmente pelo diretor. E, portanto, tem todo o direito de recorrer a ele, para entender por que aquilo que foi dito não está acontecendo.

Nessa conversa, eu lhe sugiro não mencionar ao diretor as suas queixas em relação ao novo gerente contratado, porque isso levaria o assunto ao campo do relacionamento e da competência, e tiraria o foco daquilo que realmente lhe interessa: a posição que lhe foi prometida.

Max Gehringer, para CBN.


2 comentários:

Kedley Figueira disse...

Bom dia , como voce faz as transcrições dos audios? preciso fazer a tanscrição de um audio

Andarilho disse...

Manualmente. Eu baixo o mp3 do link da CBN, escuto uma parte, pauso, transcrevo, e repito o processo.

Blog Widget by LinkWithin