2011-10-25

Gerente que superou a obesidade pega no pé de funcionário acima do peso - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/10/2011, sobre um trabalhador obeso que está sendo vítima de assédio moral.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Gerente que superou a obesidade pega no pé de funcionário acima do peso

trabalhador gordinho

Um ouvinte escreve para contar que o gerente dele era obeso, mas aderiu às corridas e aos exercícios e emagreceu um bocado. Agora, orgulhoso de sua nova silhueta, o gerente resolveu pegar no pé de seu subordinado mais gordinho, que é ninguém menos que o nosso ouvinte. A crescente quantidade de piadas durante o expediente, algumas de mau gosto e outras ofensivas, estão incomodando o nosso ouvinte, que pergunta: como proceder?

Bom, isso tem um nome: assédio moral. O nosso ouvinte está sendo vítima de uma perseguição contínua e constante. É o caso clássico de um superior atazanando a vida de um subordinado usando o poder do seu crachá para que o funcionário não responda o que teria vontade de responder, ou seja, "chefe, você não tem nada a ver com a minha vida particular. "

O assédio moral normalmente é constituído por ofensas sérias, mas pode também ser o resultado de brincadeiras indigestas.

O gerente pode até argumentar que está preocupado com a saúde e a vitalidade de nosso ouvinte, mas isso não atenua a situação, porque há maneiras mais convenientes de demonstrar essa preocupação.

Muitas empresas já implantaram programas de incentivo a uma vida mais saudável. Programas que incluem exercícios físicos e palestras, sobre nutrição e outros cuidados. Porém, tais programas são sempre extensivos a todos os funcionários. A participação é voluntária e quem não quiser aderir, não é discriminado.

O nosso ouvinte poderia começar por aí, sugerindo ao gerente que propusesse à direção da empresa um amplo programa de saúde e bem-estar. Se a resposta do gerente for uma piada de mau gosto, o ouvinte deve levar o caso ao setor de Recursos Humanos, e de preferência ao funcionário mais gordinho do setor, que entenderá imediatamente o constrangimento a que nosso ouvinte está sendo submetido.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin