2011-10-26

Os quatro sinais de que uma entrevista foi boa - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 26/10/2011, com quatro sinais de que uma entrevista de emprego foi boa.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Os quatro sinais de que uma entrevista foi boa

entrevista de emprego

Alguns ouvintes escreveram para dizer que ficaram em dúvida depois de passar por entrevistas de emprego. Eles não sabem se foram bem ou se foram mal. E um deles relata que ficou com a impressão de ter ido muito bem, mas vinte dias depois, recebeu um e-mail de uma linha, agradecendo a participação no processo. Então, vamos começar com os quatro sinais de que a entrevista foi boa.

Primeiro: ela foi mais longa do que o esperado. Um dos indícios mais claros de que o candidato não caiu nas graças do entrevistador é o tempo de duração da entrevista. Mesmo que o entrevistador se mostre simpático e atencioso, uma entrevista que não chegue a durar 30 minutos, dificilmente resultará numa proposta formal de emprego.

Segundo sinal: o entrevistador ouviu atentamente tudo o que o candidato tinha a dizer. A entrevista derrapa quando o entrevistador começa a mostrar sinais de impaciência, por exemplo, olhando seguidamente para o relógio, para o celular ou para a tela do computador. Ou o que é pior, interrompendo o candidato no meio das respostas e passando para a próxima pergunta.

Terceiro sinal: depois de fazer algumas perguntas surradas, como a da maior virtude e do maior defeito, o entrevistador passa a relatar situações reais da empresa e pergunta como o candidato agiria.

E quarta: no final, o entrevistador se dispõe a responder a todas as perguntas que o candidato queira fazer, sobre a função e sobre a empresa, em vez de encerrar a entrevista dizendo que alguém entrará em contato com o entrevistado.

E por fim, vale lembrar que ir bem não significa necessariamente ser o escolhido, porque um outro candidato pode ter ido melhor. Mas ir bem é um indicativo de que o medo da entrevista já foi superado. E portanto, o candidato não deve mudar o seu comportamento nas próximas entrevistas.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin