2011-10-20

Waiting - O olhar perdido de idosos com Alzheimer na fotografia de Leah Beach

Ao visitar a sua avó com Alzheimer, internada num asilo apropriado, a fotógrafa Leah Beach ficou intrigada como os idosos ali viviam com a sua doença e assim nasceu a sua série de fotografias Waiting (Esperando). O nome da série vem claramente do olhar perdido que muitos dos pacientes mostram, aquele olhar de quem está esperando algo, mesmo que não saiba exatamente o quê, um olhar que demonstra saudade, tristeza, medo e incredulidade.

As fotos foram tiradas no próprio asilo onde a avó de Leah reside, e são simples observações do que ali acontece (o que quer dizer que não foram ensaiadas). É um triste documentário de velhinhos e velhinhas que vão perdendo uma das coisas que eu considero mais valioso para qualquer pessoa: as memórias e a própria identidade construída.

Vejam:

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

leah beach waiting fotografia idosos asilo doença alzheimer

Imagens via site de Leah Beach. Dica via Beautiful Decay.

4 comments:

Sentimental ♥ said...

essa doença é muito triste, e não é só o olhar q fica perdido, a voz parece q some, não sei explicar bem, mas até a voz de quem tem alzheimer é diferente, não tem vida.

Anonymous said...

Sentimental, é verdade. Tudo muda, a voz, o olhar, os gestos. É tudo meio confuso e triste. Sinto que minha mãe está perdendo sua lucidez, ela fala cada vez menos e às vezes tem esse olhar perdido. Conversamos com ela e ela ri quando não entende o que falamos.
É muito triste ver alguém que amamos desse jeito.

Anonymous said...

minha vó tem, eu tenho 14 anos, e é mt triste pq parece que ela não é mais a mesma... o que mais me doí é quando ela pergunta quem eu sou.
Parece que a pessoa que me criou com muito amor, está desaparecendo cada vez mais.
Uma doença muitoooooo triste.

Sentimental ♥ said...

Anônimos, é triste e deprimente ver a pessoa sumindo de si mesma e não poder fazer nada, pq nesse contexto ela não sabe quem é você e muito menos ela mesma. Dói saber q aquela pessoa q vc conheceu está perdida em algum lugar do passado, querendo se libertar e voltar a viver e sem condições de achar o caminho.

Blog Widget by LinkWithin