2011-11-07

'Sou trainee há três anos' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/11/2011, sobre o período em que um empregado pode ficar como trainee em uma empresa.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Sou trainee há três anos'

trainee

"Quando me formei", escreve um ouvinte, "fui contratado por uma empresa como trainee. Isso está fazendo quase três anos, durante os quais passei por quatro áreas diferentes, mas mas continuo com a função de trainee em minha carteira profissional. Gostaria de saber qual é o período máximo que uma empresa pode manter um empregado nessa situação, antes de promovê-lo."

Bom, embora isso pareça um contrasenso, já que trainee significa "em treinamento", a resposta é: indefinidamente. Do ponto de vista legal, nada impede que a empresa faça isso porque o trainee é um empregado efetivo.

Fica mais fácil entender se pensarmos em qualquer outra função inicial, como por exemplo, auxiliar administrativo. Uma empresa pode contratar um profissional nessa função e mantê-lo nela sem alteração, até a aposentadoria. O contrato de trabalho que o auxiliar adminstrativo assina é o mesmo que o trainee assina. Como nenhum contrato de trabalho prevê a possibilidade de uma promoção dentro de um período de tempo pré-determinado, tanto o auxiliar quanto o trainee podem ser mantidos com funções inalteradas por anos a fio, desde que a empresa cumpra com todas as obrigações previstas no contrato.

Isso faz sentido? É claro que não. Por natureza, trainee é um termo que significa temporário. Por isso, na prática, o período real de treinamento costuma variar entre um a três anos.

Portanto, o nosso ouvinte ainda está dentro dos parâmetros normais. Por enquanto. Mas, certamente, está chegando a hora de nosso ouvinte tomar uma decisão se a empresa não se manifestar. Porque vai ficar cada vez mais complicado para ele, explicar, numa futura entrevista, porque passou tanto tempo correndo sem receber a bola.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin