2012-08-29

'O que fazer para me tornar um gestor?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/08/2012, sobre o que fazer para se tornar um gestor, e o que essa palavra significa de verdade.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'O que fazer para me tornar um gestor?'

gestor

"Quero me tornar um gestor", um ouvinte escreve, e pergunta o que fazer para atingir este objetivo.

Vamos lá. Gestor é um dos termos mais voláteis do atual vocabulário corporativo. Ele surgiu da tentativa de adaptar ao português a palavra inglesa manager. Em tempos passados, nós costumávamos traduzir manager apenas como gerente. Mas, nos Estados Unidos, o título sempre foi muito mais abrangente. Lá, o manager pode até ser o presidente de uma multinacional, que é chamado de general manager.

No Brasil, o termo gestor vem ganhando rapidamente a mesma elasticidade. Hoje, um gestor pode estar em qualquer lugar do organograma. Pode, ou não, ter subordinados. Pode, ou não, tomar decisões. E pode, ou não, se destacar entre seus pares. Uma empresa que eu conheço "promoveu", por assim dizer, os seus analistas de seguro a gestores de risco. Eles continuam com as mesmas responsabilidades e com o mesmo salário, mas ganharam um título mais atraente.

Então, eu diria ao nosso ouvinte que não será tão difícil ele se tornar um gestor em breve tempo. Porque, dentro de um par de anos, algumas empresas provavelmente já terão transformado auxiliares de laboratório em gestores de fungos.

O que o nosso ouvinte realmente ambiciona é se tornar alguém que decide e ganha bem. Para isso, ele precisará de cinco coisas:

- resultados sempre acima dos objetivos;
- um excelente relacionamento pessoal em todas as direções;
- um bom marketing pessoal, que é a habilidade para ser notado sem ser pegajoso ou arrogante;
- uma contínua capacidade para se adaptar rapidamente a mudanças;
- e finalmente, não deixar de se atualizar, principalmente no campo tecnológico.

O importante é que o nosso ouvinte se prenda ao alcance do que deseja conseguir. E não a uma palavra que quer dizer quase tudo e quase nada ao mesmo tempo.

Max Gehringer, para CBN.

2 comments:

migalhas said...

oiiiiii amigo, arranjei um tempo para vir lhe fazer uma visita diária ao seu belo espaço , desejar-lhe uma boa tarde, felicidades e tudo de bom..
Se você quiser passa la no meu blog de poemas, seria um prazer ter-te por lá http://assombrado-mc.blogspot.com abraços

Albuq said...

Pelo jeito ele tem que se empenhar e crescer como profissional para ultrapassar os objetivos.

Blog Widget by LinkWithin