2012-12-28

'Como posso conseguir um aumento sem ser chata?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/12/2012, sobre como conseguir um aumento em uma empresa que não possui um plano de cargos e salários formal.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Como posso conseguir um aumento sem ser chata?'

emprego como pedir um aumento de salário

Uma ouvinte escreve: "Estou nessa empresa há quase dois anos, nunca recebi um aumento e gostaria de saber como posso conseguir um, sem ser chata."

Bom, eu suponho que você esteja trabalhando em uma empresa que não tem um plano de cargos e salários, com regras claramente definidas sobre promoções e reajustes. E que tampouco tem um processo formal de avaliação individual, que permitiria a seu chefe lhe dizer o que está fazendo bem feito e o que você precisa melhorar. Imagino também que não existam objetivos claros, que permitiriam aos funcionários com melhor desempenho, usar fatos e números para demonstrar que merecem ganhar mais do que aqueles que só fazem o mínimo indispensável.

Em uma empresa assim, só há uma maneira de você conseguir um aumento: é vencer pelo cansaço. Peça uma, duas, três vezes, e não desista de continuar pedindo. A cada recusa, mude a estratégia. Uma vez, mostre racionalmente porque você merece o aumento. Na vez seguinte, use a emoção e fale de sua dedicação pela empresa. Diga até que você perdeu peso e não está conseguindo dormir direito de tanto que se preocupa com seu trabalho. Na terceira vez, use como referência algum colega que recebeu um aumento.

Um dia, o seu chefe irá se cansar. E lhe dará ou um basta, ou um reajuste. Em outras palavras, quando não há regras definidas, só há uma maneira de você conseguir um aumento: sendo chata.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin