2012-12-31

Invejar é enxergar com maus olhos o que os outros têm de bom - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 31/12/2012, sobre a inveja e como fazer para lidar com colegas invejosos.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Invejar é enxergar com maus olhos o que os outros têm de bom

inveja no trabalho

Nosso tema de hoje é a inveja. Invejar é enxergar o que o outro tem de bom, porém, com maus olhos. É atribuir o sucesso alheio apenas a fatores negativos. Não parece, mas a inveja não deixa de ser um elogio, porque ninguém cobiça o que é ruim. A inveja é uma forma de admiração, mas que saiu pela contramão.

Querer ser o que o outro é, ou querer ter o que o outro tem, é algo até normal nas empresas. Dentro dos limites éticos, isso chama competição. Mas quando uma pessoa começa a sentir raiva por não poder ser igual a outra, aí é inveja. E o invejoso fará tudo o que puder para prejudicar o invejado.

Em qualquer ambiente de trabalho, a inveja só floresce quando falta liderança. O número de invejosos é mínimo em empresas com bons chefes, que investigam a origem de rumores e fofocas e que demitem as maçãs podres.

Mas, e quem não tem um chefe assim? Como lidar com colegas invejosos? Não adianta fazer de conta que nada está acontecendo. Nesse caso, quanto melhor o invejado fizer o seu trabalho, mais aumentará a compulsão do invejoso. O melhor modo de enfrentar a inveja de um, é sendo o melhor colega para todos. Isso vai isolar o invejoso. A inveja não vai desaparecer, mas a possibilidade de ela causar danos irá diminuir.

Finalmente, muita gente atribui aos colegas invejosos o fato de não ter oportunidades na carreira. Como se houvesse uma conspiração geral contra um competente. Isso é muito difícil de acontecer. No mais das vezes, dizer: "Não consigo progredir porque todo mundo tem inveja de mim", não é uma explicação. É uma desculpa. É um acelerador que está sendo usado como freio.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin