2013-07-29

Ninguém é indispensável - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/07/2013, com uma ouvinte que não sabe como comunicar a seu chefe que irá sair.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Ninguém é indispensável

despedida de emprego

Uma ouvinte escreve: "Trabalho em uma empresa de pequeno porte já faz oito anos. Meu chefe vive repetindo que sou indispensável e acredito que ele tenha razão, porque sou responsável por diversas tarefas que em empresas maiores seriam repartidas entre vários funcionários. Logo, creio eu, não será fácil meu chefe encontrar alguém que faça tudo o que eu faço.

Acontece que, embora eu aprecie ser elogiada, cheguei à conclusão de que não há espaço para meu crescimento aqui nesta empresa. Por isso, fiz alguns contatos e consegui uma proposta de uma empresa maior e mais organizada, com um salário igual ao que eu ganho, porém com mais benefícios. Minha dúvida é: como devo comunicar a meu chefe que vou sair? E que prazo devo dar para que ele encontre uma substituta para mim?"


Bom, vamos começar pelo prazo. Isso vai depender mais da empresa que lhe fez a proposta. Se ela puder esperar 60 dias, ótimo: esse é um tempo mais do que razoável para você treinar quem for substituí-la. Porém, se a nova empresa quiser que você inicie o mais rápido possível, o prazo será o que a lei concede: 30 dias de aviso prévio.

O que você poderia fazer para amenizar a situação é já indicar uma substituta. Alguém que você conheça e confie que irá dar conta do serviço, senão imediatamente, pelo menos depois de dois ou três meses. Essa também seria a melhor resposta para a sua primeira pergunta. Ao comunicar a sua demissão a seu chefe, você já garante a sua reposição.

E quanto ao fato de ser indispensável, não se preocupe. Ninguém é.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin