2014-02-21

'Fui demitida após 17 anos na mesma empresa' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 21/02/2014, com uma ouvinte que foi demitida depois de 17 anos na mesma empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Fui demitida após 17 anos na mesma empresa'


Uma ouvinte escreve: "Fui demitida após trabalhar 17 anos na mesma empresa. Aliás, a única em que trabalhei na vida. Estou me sentindo um trapo, porque a comunicação me foi feita em tom impessoal, gelado e burocrático, como se 17 anos fossem 17 dias. Diga-me, por favor, alguma coisa que me faça acordar melhor amanhã."

Você deve ter menos de 40 anos de idade. E portanto, a sua carreira profissional ainda nem chegou à metade. Por isso, pelos próximos 20 anos, não se iluda achando que empresas são organismos com sentimentos. Pode até ser que muitas acreditem que sejam e preguem que são, mas uma simples mudança de cúpula já será suficiente para desfazer essa ilusão. É só chegar alguém com a missão de podar custos, que empregados entram na mesma categoria dos móveis e utensílios.

A proteção vem de outro lugar: da lei trabalhista, que evoluiu desde 1943, quando a CLT entrou em vigor. Naquela época, um empregado que quisesse pedir demissão sem se preocupar com o que a empresa pudesse achar, só precisava fazer o que continua precisando fazer hoje: conceder 30 dias de aviso prévio. Já pelo lado do empregador, entretanto, a lei apertou mais o cerco, impondo mais restrições e maiores penalidades em casos de dispensa sem justa causa.

O sonho da estabilidade, no entanto, só existe no serviço público. Em empresas privadas, um profissional precisa estar sempre preparado para uma má notícia repentina, como a que você recebeu. O mercado de trabalho não é justo para com os justos. Tenha isso em mente e a sua história profissional nunca mais voltará a ser escrita pelos outros.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin